Gestor de Isabel dos Santos encontrado em casa com graves ferimentos

Nuno Ribeiro da Cunha foi encontrado num cenário de aparente suicídio no passado dia 7 deste mês. Autoridades desconfiam e esta quarta-feira, informou a PGR de Angola, ficou a saber se o gestor faz parte dos arguidos do processo-crime que decorre...

Gestor de Isabel dos Santos encontrado em casa com graves ferimentos
Nuno Ribeiro da Cunha foi encontrado num cenário de aparente suicídio no passado dia 7 deste mês. Autoridades desconfiam e esta quarta-feira, informou a PGR de Angola, ficou a saber se o gestor faz parte dos arguidos do processo-crime que decorre no país. Nuno Ribeiro da Cunha, gestor das transferências de Isabel dos Santos e diretor do private banking do EuroBic, foi encontrado pela empregada na casa de férias, no passado dia 7 de janeiro, com graves ferimentos nos pulsos e no abdómen, avançou a  TVI24. O gestor foi encontrado num cenário de aparente suicídio, mas o canal de Queluz refere que a polícia suspeita que se trate de uma simulação e que, na verdade, Nuno Ribeiro da Cunha tenha sido vítima de uma tentativa de homicídio. Este terá dito à Polícia Judiciária que tentou o suicídio mas as autoridades terão apreendido o telemóvel do homem de confiança de Isabel dos Santos para apurar se não estará a ser coagido a mentir às autoridades.  Refira-se que foi este gestor quem validou as transferências da conta da Sonangol no EuroBic para o Dubai, já depois de a empresária angolana ter sido exonerada do cargo que exercia na petrolífera, refere ainda a TVI24.  De lembrar também que Nuno Ribeiro da Cunha foi, esta quarta-feira constituído arguido, juntamente com Isabel dos Santos e outras personalidades. O procurador-geral da República de Angola, Helder Pitta Grós,, afirmou que o processo de inquérito aberto na sequência de uma denúncia do presidente do conselho de administração da Sonangol, Carlos Saturnino, já foi transformado em processo-crime.  São arguidos a empresária e filha do ex-Presidente angolano Isabel dos Santos, Sarju Raikundalia, ex-administrador financeiro da Sonangol, Mário Leite da Silva, gestor de Isabel dos Santos e presidente do Conselho de Administração do BFA, Paula Oliveira, amiga de Isabel dos Santos e administradora da NOS e Nuno Ribeiro da Cunha.