GNR alertou autoridades gregas para migrantes encurralados em escarpa

Os militares da GNR destacados na ilha grega de Chios, que fazem parte da missão da Agência Europeia da Guarda de Fronteiras e Costeira (FRONTEX), detetaram este domingo nove migrantes numa zona rochosa e inacessível da ilha de Inousses, avança...

GNR alertou autoridades gregas para migrantes encurralados em escarpa
Os militares da GNR destacados na ilha grega de Chios, que fazem parte da missão da Agência Europeia da Guarda de Fronteiras e Costeira (FRONTEX), detetaram este domingo nove migrantes numa zona rochosa e inacessível da ilha de Inousses, avança o Notícias ao Minuto. Num comunicado enviado às redações, a força de segurança explica que durante uma ação de patrulhamento marítimo, “os militares da GNR foram alertados para uma situação de busca e resgate, em que migrantes poderiam estar junto à orla costeira de Monastiri Oinouson, na ilha de Inousses”. Quando encontraram os migrantes, perceberam que estes estavam encurralados numa zona de escarpa e “bastante rochosa, o que não permitia a aproximação da embarcação e efetuar o resgate pelo mar”. Contactaram então as autoridades gregas para que os migrantes fossem resgatados por terra. O resgate foi feito com o auxílio de cordas. O grupo de migrantes resgatados incluía uma criança de cinco anos.