Governo mantém Mercadinho na placa central

Secretaria do Turismo acaba de emitir um comunicado que insiste na organização do Mercadinho de natal. Aqui fica o comunicado na integra. “O Governo Regional da Madeira, através da Secretaria Regional de Turismo e Cultura, reafirma que se encontra...

Governo mantém Mercadinho na placa central
Secretaria do Turismo acaba de emitir um comunicado que insiste na organização do Mercadinho de natal. Aqui fica o comunicado na integra. “O Governo Regional da Madeira, através da Secretaria Regional de Turismo e Cultura, reafirma que se encontra a organizar o “Mercadinho de Natal”, nos mesmos moldes que tem vindo a fazer, desde 2006. Esta que será a 14ª edição deste importante evento que muito engrandece o Cartaz Turístico de Natal e as Festas do Fim-do-ano, está a ser preparada desde janeiro do corrente ano, com o mesmo empenho de sempre. O Governo Regional tranquiliza toda a população da Região, os comerciantes e o setor turístico, em geral, garantindo que a iniciativa do Governo Regional “Mercadinho de Natal” ocorrerá com a mesma animação de sempre, nos espaços onde, desde 2006, o “Mercadinho de Natal” se concretiza, dando-se, naturalmente, continuidade a uma celebração que foi iniciada pela mão do Governo Regional e que por este continuará a ser assegurada. O Governo Regional considera, desde o seu início, que “Mercadinho de Natal" constitui um elemento fundamental das Festas de Natal, contribuindo para a respetiva animação, por um lado e, por outro, para o reforço da notoriedade da Madeira, através do ambiente festivo que o mesmo permite durante todo o mês de dezembro. O contributo do "Mercadinho de Natal” é, simultaneamente, entendido de extrema relevância para a Região, o que tem justificado o relevante e continuado investimento sempre assegurado pelo Governo Regional da Madeira, atendendo ao forte impacto que o evento produz, como todos os outros promovidos pela Direção Regional do Turismo, nomeadamente para a hotelaria regional, em especial, e para todo o sector turístico, em geral”.