Guarda Noturno de Machico impede dois assaltos no Caniçal

O Guarda Noturno de Machico impediu dois assaltos no Caniçal entre as madrugadas de quinta e sexa-feira, segundo apurou o JM junto do próprio. Segundo o guarda Carlos Sousa, ambas as tentativas de assalto frustradas pela sua intervenção foram cometidas pelo mesmo  indivíduo, conhecido pela alcunha de 'Chola', o qual está amplamente referenciado pelas autoridades policiais pela prática de crimes contra o património.  Ambas as interseções foram levadas a cabo em flagrante delito, precisou a fonte, tendo acrescentado que na última delas, registada pelas 00H40 da madrugada de hoje, teve de ser assistido no Centro de Saúde de Machico em consequência de um hematoma sofrido na perna ao tentar dominar o assaltante. Na quinta-feira, pelas 4h40, o indivíduo foi intercetado a tentar furtar uma autocaravana, que se encontrava estacionada no Caniçal. Mas o assaltante conseguiu fugir para parte incerta após aperceber-se a chegada do guarda. Já na madrugada de hoje, o guarda ainda chegou deter momentaneamente o assaltante, que foi surpreendido a tentar passar por um buraco que aberto numa porta traseira de um supermercado localizado também no Caniçal.  Mas apesar de todos os esforços (além do hematoma Carlos Sousa ainda ficou com os óculos partidos), o ladrão conseguiu escapar tendo conseguindo refugiar-se no interior da residência de um familiar. O guarda ficou, contudo, com uma mochila do ladrão, a qual foi entregue à PSP de Machico, que já foi informada acerca desta nova ocorrência, que surge numa altura difícil para os guardas noturnos, nomeadamente do ponto de vista financeiro. Em consequência da pandemia, estes profissionais viram cair drasticamente as contribuições de muitos comerciantes, que optaram por deixar de pagar pelo seus serviços em virtude de terem sido obrigados a fechar portas devido às medidas de exceção impostas pelas autoridades públicas para conter a propagação do Covid-19.

Guarda Noturno de Machico impede dois assaltos no Caniçal
O Guarda Noturno de Machico impediu dois assaltos no Caniçal entre as madrugadas de quinta e sexa-feira, segundo apurou o JM junto do próprio. Segundo o guarda Carlos Sousa, ambas as tentativas de assalto frustradas pela sua intervenção foram cometidas pelo mesmo  indivíduo, conhecido pela alcunha de 'Chola', o qual está amplamente referenciado pelas autoridades policiais pela prática de crimes contra o património.  Ambas as interseções foram levadas a cabo em flagrante delito, precisou a fonte, tendo acrescentado que na última delas, registada pelas 00H40 da madrugada de hoje, teve de ser assistido no Centro de Saúde de Machico em consequência de um hematoma sofrido na perna ao tentar dominar o assaltante. Na quinta-feira, pelas 4h40, o indivíduo foi intercetado a tentar furtar uma autocaravana, que se encontrava estacionada no Caniçal. Mas o assaltante conseguiu fugir para parte incerta após aperceber-se a chegada do guarda. Já na madrugada de hoje, o guarda ainda chegou deter momentaneamente o assaltante, que foi surpreendido a tentar passar por um buraco que aberto numa porta traseira de um supermercado localizado também no Caniçal.  Mas apesar de todos os esforços (além do hematoma Carlos Sousa ainda ficou com os óculos partidos), o ladrão conseguiu escapar tendo conseguindo refugiar-se no interior da residência de um familiar. O guarda ficou, contudo, com uma mochila do ladrão, a qual foi entregue à PSP de Machico, que já foi informada acerca desta nova ocorrência, que surge numa altura difícil para os guardas noturnos, nomeadamente do ponto de vista financeiro. Em consequência da pandemia, estes profissionais viram cair drasticamente as contribuições de muitos comerciantes, que optaram por deixar de pagar pelo seus serviços em virtude de terem sido obrigados a fechar portas devido às medidas de exceção impostas pelas autoridades públicas para conter a propagação do Covid-19.