Há ‘Natal na Cerca’ a partir desta segunda-feira no Caniço

A Junta de Freguesia do Caniço promove, a partir desta segunda-feira, algumas atividades para tornar a quadra festiva ainda mais atrativa e memorável. Recuperando a animação de outrora no espaço chamado ‘a Cerca’, que deu recentemente nome...

Há ‘Natal na Cerca’ a partir desta segunda-feira no Caniço
A Junta de Freguesia do Caniço promove, a partir desta segunda-feira, algumas atividades para tornar a quadra festiva ainda mais atrativa e memorável. Recuperando a animação de outrora no espaço chamado ‘a Cerca’, que deu recentemente nome à antiga iniciativa ‘Noites de Natal’, também promovida pela Junta, inicia-se assim a edição de 2019 no dia 16 de dezembro na agora denominada Praça Padre Lomelino, em frente à igreja do Caniço. Neste espaço será possível encontrar algumas barraquinhas de comes e bebes típicos da época, artesanato local, produtos agrícolas da freguesia, licores, chocolates e doçaria tradicional. Haverá ainda um espaço dedicado aos mais novos, onde se desenvolverão ateliers de pintura em tecido. Um dia após a abertura oficial do evento, a 17 de dezembro, irá decorrer a Bênção do Presépio. Nos dias 18, 19 e 20 de dezembro, a Junta de Freguesia do Caniço, mediante inscrição prévia através do seu site oficial, garante a possibilidade de uma foto de família com o Pai Natal, num cenário previamente montado. A fotografia é imprimida e oferecida no próprio momento. De acordo com informação disponibilizada pela Junta de Freguesia do Caniço ao JM, a mesma, juntamente com a Loja Solidária, irá entregar cabazes de Natal às famílias mais carenciadas da freguesia nos dias 20 e 21, estando ainda a promover uma recolha de brinquedos para as crianças menos abonadas da freguesia, promovendo ainda, juntamente com as restantes freguesias do concelho e em parceria com a CPCJ de Santa Cruz, a 2ª edição do ‘Apadrinhe este Natal’, iniciativa que angaria padrinhos e prendas para as crianças apoiadas pela comissão. Para o Executivo da Junta, presidida por Milton Teixeira, “o Natal só ganha sentido se se promoverem valores como a solidariedade, o amor ao próximo, o altruísmo, o companheirismo a amizade e o amor entre familiares e amigos.” “Acreditando no seu papel ativo como poder local, estas serão sempre prioridades na quadra festiva que se avizinha”, conclui.