Imaculado reforça orçamento para atividades, famílias e entidades educativas

A Junta de Freguesia do Imaculado Coração de Maria viu a Assembleia de Freguesia aprovar, sem qualquer voto contra, a sua proposta de reforço da dotação das contas relacionadas com a atividade sociocultural, o apoio às famílias e às entidades educativas.   A apreciação e votação da primeira alteração modificativa às opções do plano e orçamento de 2022 foi um dos dois pontos submetidos à votação na Assembleia de Freguesia do Imaculado Coração de Maria, que se reuniu na tarde desta quarta-feira. Os membros daquela Assembleia aprovaram, também sem qualquer voto contra, as propostas de auto de transferência de competências e de contrato interadministrativo de delegação de competências do Município do Funchal para a Junta. Nesta sessão ordinária da Assembleia de Freguesia do Imaculado Coração de Maria, o presidente da Junta, Pedro Araújo, apresentou o relatório da atividade do período compreendido entre 1 de abril e 15 de junho. Acerca deste período, o autarca destacou “a elevada dinâmica social”, dando também ênfase “às iniciativas promotoras de uma democracia participativa, como a Reunião Pública Descentralizada, a Comissão Social e a Assembleia de Freguesia Jovem”. No final da reunião, o presidente da Assembleia de Freguesia, Marsilio Aguiar, que liderou os trabalhos, apelou ao voto no projeto da Comissão Social de Freguesia que a Junta candidatou ao Orçamento Participativo da Região Autónoma da Madeira.

Imaculado reforça orçamento para atividades, famílias e entidades educativas
A Junta de Freguesia do Imaculado Coração de Maria viu a Assembleia de Freguesia aprovar, sem qualquer voto contra, a sua proposta de reforço da dotação das contas relacionadas com a atividade sociocultural, o apoio às famílias e às entidades educativas.   A apreciação e votação da primeira alteração modificativa às opções do plano e orçamento de 2022 foi um dos dois pontos submetidos à votação na Assembleia de Freguesia do Imaculado Coração de Maria, que se reuniu na tarde desta quarta-feira. Os membros daquela Assembleia aprovaram, também sem qualquer voto contra, as propostas de auto de transferência de competências e de contrato interadministrativo de delegação de competências do Município do Funchal para a Junta. Nesta sessão ordinária da Assembleia de Freguesia do Imaculado Coração de Maria, o presidente da Junta, Pedro Araújo, apresentou o relatório da atividade do período compreendido entre 1 de abril e 15 de junho. Acerca deste período, o autarca destacou “a elevada dinâmica social”, dando também ênfase “às iniciativas promotoras de uma democracia participativa, como a Reunião Pública Descentralizada, a Comissão Social e a Assembleia de Freguesia Jovem”. No final da reunião, o presidente da Assembleia de Freguesia, Marsilio Aguiar, que liderou os trabalhos, apelou ao voto no projeto da Comissão Social de Freguesia que a Junta candidatou ao Orçamento Participativo da Região Autónoma da Madeira.