Índia lança segunda missão à Lua

A Índia lançou hoje uma nave espacial não tripulada para o polo sul da Lua, uma semana depois de ter abortado a missão devido a um problema técnico, informou a Organização de Investigação Espacial da Índia (ISRO). A missão teve início às 14:43,...

Índia lança segunda missão à Lua
A Índia lançou hoje uma nave espacial não tripulada para o polo sul da Lua, uma semana depois de ter abortado a missão devido a um problema técnico, informou a Organização de Investigação Espacial da Índia (ISRO). A missão teve início às 14:43, hora local (09:13 em Lisboa), tendo sido o lançamento do foguetão acompanhado por aplausos dos cientistas no cento de controlo da missão, uma vez que a nave espacial em órbita foi injetada com sucesso, disse o chefe da ISRO, Kailasavadivoo Sivan. A ‘Chandrayaan-2’ foi projetada para pousar no polo sul da Lua, em setembro, e enviar um veículo para explorar os depósitos de água, cuja existência foi confirmada na missão ‘Chandrayaan-1’, que orbitou a Lua em 2008. Numa conferência de imprensa, Kailasavadivoo Sivan afirmou que este passo é o “início de uma jornada histórica da Índia”. Já o primeiro-ministro, Narendra Modi, escreveu no Twitter que o conhecimento que a Índia tem da Lua “será significativamente reforçado”. A 15 de julho, o lançamento da segunda missão da Índia à Lua foi adiado devido a problemas técnicos. Depois destas missões e após de ter realizado uma missão em Marte, em 2013 e 2014, a Índia planeia colocar pessoas em órbita, em 2022.