Iniciativa Liberal diz que "desperdiçar água é inaceitável"

A Iniciativa Liberal reagiu, em comunicado, à notícia que faz hoje a manchete na edição impressa do JM, que dá conta que  o consumo de água na Madeira é três vezes superior ao necessário, sublinhando que "isso acontece por causa da grande quantidade...

Iniciativa Liberal diz que "desperdiçar água é inaceitável"
A Iniciativa Liberal reagiu, em comunicado, à notícia que faz hoje a manchete na edição impressa do JM, que dá conta que  o consumo de água na Madeira é três vezes superior ao necessário, sublinhando que "isso acontece por causa da grande quantidade de perdas na distribuição em baixa". "Para resolver este problema, a Iniciativa Liberal apresentou uma proposta, no documento sobre a água, que passa pela mudança do tarifário em alta que a ARM cobra aos municípios", refere, semdp a ideia da IL é utilizar dois patamares de preços. "O patamar mais baixo é, para cada município, o produto entre o número de consumidores no Concelho por 192 litros/habitante/dia. O segundo patamar, mais caro, para consumos acima deste valor de referência." "Com esta proposta criamos o incentivo económico aos municípios para que invistam na recuperação e melhoria na rede, com reguladores de pressão, por exemplo. Por estranho que possa parecer, as maiores perdas acontecem à noite, onde existe menos consumo, mas maior pressão na rede, levando a mais desperdício nos muitos pontos de perda", acrescenta. Sublinha que "a água é um recurso essencial, cujo consumo tem crescido, apesar de a população não crescer. A água que se perde na distribuição faz falta à agricultura, e o que, com as mudanças climáticas, pode ser muito problemático. O plano estratégico da água aponta para o objetivo de apenas 20% de perdas em 2020. Na Madeira as perdas continuam a ser de 66%." "Desperdiçar água é inaceitável", conclui.