ISAL prossegue com “Cultural Tour” pela Arte Contemporânea

O Instituto Superior de Administração e Línguas, organiza na próxima sexta-feira 25 de setembro, mais um roteiro cultural na cidade do Funchal pela arte contemporânea.   Os alunos da licenciatura de Turismo irão visitar duas exposições patentes no Museu Henrique e Francisco Franco: “Dias de Sol e Chuva” da autoria de Graça Berimbau e “Paris: Horizonte Fatal” de Henrique e Francisco Franco. As visitas são orientadas por Graça Berimbau e Esmeralda Lourenço, respetivamente. A visita temática orientada por Esmeralda Lourenço, diretora do Museu Henrique e Francisco Franco, assinala o “Dia Nacional dos Bens Culturais da Igreja” e explora os temas religiosos na escultura de Francisco Franco, nomeadamente os  Apostolado, nomeadamente, os estudos para o friso do “Apostolado” e para a estátua do Bispo de Lamego, D. Miguel de Portugal. Também no Museu Henrique e Francisco Franco, a artista plástica e docente Graça Berimbau irá orientar uma visita à sua exposição “Dias de Sol e Chuva”, que estabelece diálogos com as obras de pintura de Henrique Franco. Já no Centro Cultural Anjos Teixeira, a comunidade académica terá a oportunidade de visitar a exposição “Homem Bicho” da autoria de um dos mais destacados e conceituados artistas portugueses contemporâneos, Agostinho Santos - pintor, jornalista, museólogo e diretor da Bienal Internacional de Arte de Gaia. A visita será orientada por Diogo Goes, docente responsável pela coordenação deste projeto do ISAL. Diogo Goes, leciona História da Arte e História de Portugal. De referir que no passado dia 25 de setembro, o ISAL realizou um percurso pelo núcleo histórico de São Pedro, entre a Galeria Marca de Água e a Galeria Porta 33, integrado na programação oficial das Jornadas Europeias do Património, onde os alunos puderam visitar as exposições “Momentos” de Fernando Ricardo e “Ilhéstico” com curadoria de Miguel von Hafe Pérez, respetivamente. Na edição do ano transato, os alunos visitaram o Colégio do Jesuítas, o Museu de Fotografia da Madeira - Atelier Vicentes, entre outros espaços. A iniciativa insere-se na programação de atividades do Centro de Investigação Científica do ISAL, instituído por ocasião do 30º Aniversário do ISAL e terá uma apresentação pública das conclusões no final do semestre. A revelar brevemente. O percurso decorre entre as 15h00 e as 17h00 e destina-se ao público em geral, com especial relevo à comunidade académica do ISAL. A participação é gratuita. É necessária inscrição, devido ao limite de participantes. Os interessados deverão inscrever-se pelo contacto [email protected] Diogo Goes, leciona História da Arte e História de Portugal. Sancha de Campanella, vice diretora geral da instituição de ensino superior, referência nas áreas do Turismo e da Gestão de Empresas, destaca que “as instituições do ensino superior se abram à sociedade e esta é uma prática do ISAL desde há vários anos. Atuando na comunidade onde o ISAL se insere, contribuímos para a literacia cultural”. conclui.

ISAL prossegue com “Cultural Tour” pela Arte Contemporânea
O Instituto Superior de Administração e Línguas, organiza na próxima sexta-feira 25 de setembro, mais um roteiro cultural na cidade do Funchal pela arte contemporânea.   Os alunos da licenciatura de Turismo irão visitar duas exposições patentes no Museu Henrique e Francisco Franco: “Dias de Sol e Chuva” da autoria de Graça Berimbau e “Paris: Horizonte Fatal” de Henrique e Francisco Franco. As visitas são orientadas por Graça Berimbau e Esmeralda Lourenço, respetivamente. A visita temática orientada por Esmeralda Lourenço, diretora do Museu Henrique e Francisco Franco, assinala o “Dia Nacional dos Bens Culturais da Igreja” e explora os temas religiosos na escultura de Francisco Franco, nomeadamente os  Apostolado, nomeadamente, os estudos para o friso do “Apostolado” e para a estátua do Bispo de Lamego, D. Miguel de Portugal. Também no Museu Henrique e Francisco Franco, a artista plástica e docente Graça Berimbau irá orientar uma visita à sua exposição “Dias de Sol e Chuva”, que estabelece diálogos com as obras de pintura de Henrique Franco. Já no Centro Cultural Anjos Teixeira, a comunidade académica terá a oportunidade de visitar a exposição “Homem Bicho” da autoria de um dos mais destacados e conceituados artistas portugueses contemporâneos, Agostinho Santos - pintor, jornalista, museólogo e diretor da Bienal Internacional de Arte de Gaia. A visita será orientada por Diogo Goes, docente responsável pela coordenação deste projeto do ISAL. Diogo Goes, leciona História da Arte e História de Portugal. De referir que no passado dia 25 de setembro, o ISAL realizou um percurso pelo núcleo histórico de São Pedro, entre a Galeria Marca de Água e a Galeria Porta 33, integrado na programação oficial das Jornadas Europeias do Património, onde os alunos puderam visitar as exposições “Momentos” de Fernando Ricardo e “Ilhéstico” com curadoria de Miguel von Hafe Pérez, respetivamente. Na edição do ano transato, os alunos visitaram o Colégio do Jesuítas, o Museu de Fotografia da Madeira - Atelier Vicentes, entre outros espaços. A iniciativa insere-se na programação de atividades do Centro de Investigação Científica do ISAL, instituído por ocasião do 30º Aniversário do ISAL e terá uma apresentação pública das conclusões no final do semestre. A revelar brevemente. O percurso decorre entre as 15h00 e as 17h00 e destina-se ao público em geral, com especial relevo à comunidade académica do ISAL. A participação é gratuita. É necessária inscrição, devido ao limite de participantes. Os interessados deverão inscrever-se pelo contacto [email protected] Diogo Goes, leciona História da Arte e História de Portugal. Sancha de Campanella, vice diretora geral da instituição de ensino superior, referência nas áreas do Turismo e da Gestão de Empresas, destaca que “as instituições do ensino superior se abram à sociedade e esta é uma prática do ISAL desde há vários anos. Atuando na comunidade onde o ISAL se insere, contribuímos para a literacia cultural”. conclui.