Jaulas de aquacultura deverão ficar afastadas da frente mar da Ponta do Sol

O secretário regional de Mar e Pescas, Teófilo Cunha revelou esta manhã que, dentro das áreas que já estão definidas, as jaulas de aquacultura vão ficar afastadas da frente mar da Ponta do Sol. A garantia foi deixada hoje pelo secretário regional...

Jaulas de aquacultura deverão ficar afastadas da frente mar da Ponta do Sol
O secretário regional de Mar e Pescas, Teófilo Cunha revelou esta manhã que, dentro das áreas que já estão definidas, as jaulas de aquacultura vão ficar afastadas da frente mar da Ponta do Sol. A garantia foi deixada hoje pelo secretário regional de Mar e Pescas à margem das conclusões da reunião realizada com os industriais do setor - Ilha Peixe, JNA, Friatum e Cooopesca. Aos jornalistas, Teófilo Cunha disse que as questões ambientais estão salvaguardadas, lembrando que as soluções são aquelas que foram acordadas no passado entre o Governo Regional e o anterior presidente da Câmara da Ponta do Sol. "Não queremos impor este tipo de atividade às pessoas", afirmou, a respeito, o governante, salientando que "nem é isso que o Governo Regional quer fazer". Neste momento a preparar "ações de promoção e de esclarecimento às pessoas que pouco sabem de aquacultura na Madeira", Teófilo Cunha disse que temos de olhar a Madeira "como um todo", admitindo que, no caso dos autarcas descontentes (Célia Pessegueiro e Carlos Teles mostraram-se contra a colocação das jaulas), este será outro aspeto a considerar. Relativamente à implementação da aquacultura junto à Fajã dos Padres, Teófilo Cunha adiantou ainda que não existem interessados para a implementação da aquacultura junto à Fajã dos Padres.