José Manuel Coelho apela a que os madeirenses "tenham pena do seu bolso"

O candidato à Assembleia da Republica do PTP fez hoje uma ação de campanha para alertar aos madeirenses para o alto custo de vida da Região, em consequência do monopólio do setor portuário. Em tom irónico, José Manuel Coelho, alertou para "o...

José Manuel Coelho apela a que os madeirenses "tenham pena do seu bolso"
O candidato à Assembleia da Republica do PTP fez hoje uma ação de campanha para alertar aos madeirenses para o alto custo de vida da Região, em consequência do monopólio do setor portuário. Em tom irónico, José Manuel Coelho, alertou para "o tributo" que os madeirenses têm de pagar ao "imperador César Madeirense, o monopolista dos portos", pelo excessivo valor cobrado pelo transporte, de carga e descarga de mercadorias no porto do Caniçal. Lembrando que ele próprio tem de pagar um tributo extra de 200 euros ao empresário Luis Miguel de Sousa, por denunciar essa situação.  O candidato explicou, em conferência de imprensa, que o porto do Caniçal é dos mais caros da Europa: "Basta dizer que levar um contentor de Lisboa para a China é mais barato do que trazer um contentor de Lisboa para o Funchal". Ostentando um cartaz com a fotografia do cheque que todos meses paga ao empresário, o candidato do PTP lamentou a penhora da sua reforma, por defender os madeirenses e porto-santenses" apontando culpas ao sistema judicial por protegerem o empresário.  "Os madeirenses quando vão às compras pagam tudo mais caro", para pagar o tributo ao empresário que controla os portos, acusado o Governo Regional de abençoar o monopólio do Porto do Caniçal.   O candidato apelou aos madeirenses "que tenham pena do seu bolso" e que não votem nos partidos que estão dominados por este grupo económico, PSD, PS e CDS.