Jovens médicos debatem o futuro

Decorre entre hoje e amanhã as X Jornadas do Médico Interno, reunindo cerca de 350 jovens médicos, de todo o país. As jornadas, na Reitoria da UMa, apresentam um programa científico abrangente, muito pormenorizado e com temas adaptados à realidade...

Jovens médicos debatem o futuro
Decorre entre hoje e amanhã as X Jornadas do Médico Interno, reunindo cerca de 350 jovens médicos, de todo o país. As jornadas, na Reitoria da UMa, apresentam um programa científico abrangente, muito pormenorizado e com temas adaptados à realidade do mundo atual. No debate, estão temas considerados de maior relevância, tais como a Patalogia do Sono, Doença Cardiovascular, Envelhecimento Ativo, Medicina da Dor, Fake News e o Mundo dos Vícios. Estas duas, de acordo com Ana Paula Reis, diretora do Internato no SESARAM, alertando para os feitos nefastos do ‘dr. Google’, nomeadamente no negativismo que daí resulta, na maior parte das vezes sem qualquer razão. E a importância de sensibilizar e chamara a atenção para este fenómeno, é tão grande que merece lugar de destaque nestas jornadas. Na sessão de abertura esteve Pedro Ramos, o secretário regional da Saúde, que falando para os jovens que compõem a comissão do internato, responsável pela organização, lembrou-lhe o peso deste legado, pois antes deles outros seus colegas já o haviam organizado. Pedro Ramos regozijou-se ainda pela inversão dos números, sendo que cerca de 50% dos jovens que iniciam o curso de medicina da Região, regressam depois à ilha para aqui exercer. Percentual que Pedro Ramos espera ver ainda melhorado com a mais que previsível extensão até três anos do curso na Madeira a partir do próximo ano letivo (2020/21).