Lar da Bela Vista recebeu oito novos enfermeiros

Esta segunda-feira foi o primeiro dia de trabalho para oito novos enfermeiros no Lar da Bela Vista. Outros dois iniciaram funções no Lar Santa Isabel, enquanto os lares do Vale Formoso e de Santa Teresinha receberam um novo profissional cada....

Lar da Bela Vista recebeu oito novos enfermeiros
Esta segunda-feira foi o primeiro dia de trabalho para oito novos enfermeiros no Lar da Bela Vista. Outros dois iniciaram funções no Lar Santa Isabel, enquanto os lares do Vale Formoso e de Santa Teresinha receberam um novo profissional cada. Tratou-se da confirmação da notícia avançada no domingo pelo JM. Os lares geridos pelo Instituto de Segurança Social da Madeira passaram a contar, a partir desta segunda-feira, com 12 enfermeiros contratados pelo SESARAM. Outros 13 profissionais juntar-se-ão ainda neste primeiro semestre. Os novos enfermeiros foram colocados nos Estabelecimentos integrados do ISSM, através do protocolo entre a Secretaria Regional de Inclusão Social e Cidadania e a Secretaria Regional da Saúde e Proteção Social. Ontem, primeiro dia deste novo ciclo, foram efetuadas reuniões de integração dos enfermeiros, nas instalações do Estabelecimento Bela Vista, onde foi transmitida a informação necessária relativamente à organização do serviço e seu funcionamento, sendo que, de seguida, os enfermeiros foram encaminhados para os Estabelecimentos onde ficaram colocados, para iniciarem as suas funções, colmatando assim parte das necessidades que tem vindo a ser sentidas. Na reunião de integração, os novos profissionais dos lares abordaram temas como a análise dos recursos da comunidade suscetíveis de constituir rede de suporte e famílias; a colaboração nos projetos da instituição; o aperfeiçoamento de competências nas metodologias e técnicas de intervenção de enfermagem, junto do indivíduo, da família e da comunidade, enfatizando uma intervenção familiar planeada e continuada; por fim, o cumprimento das regras regulamentares relativas ao funcionamento do serviço, nomeadamente com o horário de trabalho e reuniões. Tal como o JM noticiou no domingo, a entrada destes novos enfermeiros vem na sequência de um protocolo assinado, em 2019, entre a então Secretaria Regional de Inclusão e Assuntos Sociais e a Secretaria Regional da Saúde. Na prática, trata-se da contratação de 25 enfermeiros, sendo que os restantes 13 enfermeiros serão contratados durante o primeiro semestre de 2020. “Esta medida é mais um passo no sentido de garantir a prestação dos cuidados de saúde aos idosos que vivem nos lares e que apresentam um índice de dependência elevado”, explicava, então, a secretária regional de Inclusão Social e Cidadania, Augusta Aguiar.