Leões da Madeira pedem mais atenção com aqueles que "amam o Sporting à distância"

Teve ontem lugar o jantar do Núcleo dos Leões da Madeira por virtude da vinda da equipa principal de futebol do Sporting à ilha da Madeira, em jogo relativo à 1.ª Jornada da I Liga. No evento tiveram lugar as eleições para os órgãos sociais,...

Leões da Madeira pedem mais atenção com aqueles que "amam o Sporting à distância"
Teve ontem lugar o jantar do Núcleo dos Leões da Madeira por virtude da vinda da equipa principal de futebol do Sporting à ilha da Madeira, em jogo relativo à 1.ª Jornada da I Liga. No evento tiveram lugar as eleições para os órgãos sociais, tendo sido reconduzidos na presidência da Mesa da Assembleia-Geral João Marques de Freitas e na direção do Núcleo Duarte Agrela. Em comunicado, os Leões da Madeira referem que a novidade surgiu do Conselho Fiscal, para o qual foi eleito o advogado Américo da Silva Dias, sendo vice-presidente o conhecido médico de São Vicente, Jorge de Jesus Romeira. A nota salienta que, pela primeira vez, estão na direção vogais a representar cada concelho da Madeira,destacando-se como vogal para Santa Cruz José Alberto Gonçalves, um vogal com o pelouro específico para a Juventude (o estudante universitário Damião Ramos) e uma vogal que representará os leões madeirenses residentes em Lisboa (a jovem farmacêutica Ana Fernandes Abreu). "A filosofia subjacente foi a da inovação na continuidade, pois só assim qualquer projecto ganha consistência", acrescenta. Nesse jantar foi ainda homenageada a sócia mais antiga do Sporting Clube de Portugal residente na ilha da Madeira, Maria Manuela Cortez Lima, que tirou uma foto para a posteridade com o leão mais novo do Núcleo dos Leões da Madeira, o Tomás, com apenas de 3 meses de idade. "O Núcleo havia convidado para o jantar quer o Presidente da Liga Portuguesa de Futebol (que amavelmente informou não poder estar presente por motivos de agenda) assim como o Presidente do Conselho Directivo do Sporting Clube de Portugal; todavia, da parte dos respectivos serviços de apoio não houve qualquer resposta. Os membros do Núcleo esperam que, talvez, já para a perspectivada tomada de posse, haja outra atenção para aqueles que vivem, sofrem e amam o Sporting à distância, não deixando, contudo, de estar apreensivos perante um eventual (novo) distanciamento de Lisboa com os seus próprios núcleos, ao contrário do que sucedia com o vogal do Conselho Directivo anterior, Bruno Mascarenhas, cuja postura sempre foi correcta, acolhedora e altamente colaborativa", acrescenta a nota enviada à redação.