'Lideranças baças' afastam cidadãos da Europa, diz Mota Amaral

O antigo presidente da Assembleia da Repúblico e do Governo Regional dos Açores lançou esta tarde na Madeira o seu livro 'Os Açores, Portugual e a União Europeia', no qual aborda diversos aspetos da integração e da luta das ilhas por "um lugar...

'Lideranças baças' afastam cidadãos da Europa, diz Mota Amaral
O antigo presidente da Assembleia da Repúblico e do Governo Regional dos Açores lançou esta tarde na Madeira o seu livro 'Os Açores, Portugual e a União Europeia', no qual aborda diversos aspetos da integração e da luta das ilhas por "um lugar ao sol" na União Europeia. Com sentido de dever cumprido, conforme fez passar, é crítico sobre o atual estado da União e lamenta o alheamento dos cidadãos. "Os cidadãos não se sentem desafiados porque as lideranças europeias são baças", afirmou na sessão realizada no Centro de Estudos de História do Atlântico. A apresentação da obra esteve a cargo de Alberto João Jardim que começou por evidenciar o significado do local. "Foi criado nos meus governos pelo João Carlos Abreu", disse. Percorrendo os diversos capítulos da obra, o antigo presidente do Governo Regional enalteceu a perspicácia de Mota Amaral na análise que faz sobre a União Europeia, e, em particular, o 'humor refinadíssimo' com que trata um dos capítulos intitulado 'Constitucionalite frenética?'.