Livro de autor madeirense em tertúlia a 28 de novembro no Porto

A Messe Militar da Batalha, no Porto, é o local escolhido para uma tertúlia sobre o livro ‘A Revolta de 1959 em Timor-Leste’, da autoria do madeirense João Luís Gonçalves. O autor é Procurador da República e exerceu funções por quatro vezes...

Livro de autor madeirense em tertúlia a 28 de novembro no Porto
A Messe Militar da Batalha, no Porto, é o local escolhido para uma tertúlia sobre o livro ‘A Revolta de 1959 em Timor-Leste’, da autoria do madeirense João Luís Gonçalves. O autor é Procurador da República e exerceu funções por quatro vezes em Timor-Leste, onde trabalhou no Departamento de Crimes Graves, que investigou os massacres de 1999, assim como trabalhou nos tribunais distritais de Dili, Baucau, Suai e Oecusse. O livro, que inclui o testemunho pessoal de D. Ximenes Belo, bispo emérito de Dili e Prémio Nóbel da Paz em 1996, apresenta a tese de que a Guerra do Ultramar começou em Timor-Leste, em 1959, e não em Angola, em 1961. Nesta tertúlia, que se realizará a 28 de novembro, pelas 15 horas, estará também presente D. Ximenes Belo.