Mais de 300 protestam contra a instalação de jaulas na Ponta do Sol

Mais de 300 protestam contra a instalação de jaulas na Ponta do Sol, numa manifestação organizada pela plataforma AZIA. Os promotores insurgem-se pela forma como este processo está a ser conduzido pelo Governo Regional. Elisabete Andrade lembrou...

Mais de 300 protestam contra a instalação de jaulas na Ponta do Sol
Mais de 300 protestam contra a instalação de jaulas na Ponta do Sol, numa manifestação organizada pela plataforma AZIA. Os promotores insurgem-se pela forma como este processo está a ser conduzido pelo Governo Regional. Elisabete Andrade lembrou o impacto ambiental que a aquicultura tem e apontou que só emprega 30 pessoas, apesar de gerar mais de cinco milhões de euros em vendas. O protesto foi acompanhado por mais de 300 pessoas, numa ação que também contou com o apoio de várias associações ambientais, como a Quercus, Cosmos e Associação Zero. A presidente da Câmara Municipal, Célia Pessegueiro, também marcou presença, mas escusou-se a prestar grandes comentários, avançando que hoje é dia de dar voz à população e ouvir a sua revolta. Os populares empunhavam diversos cartazes com palavras de ordem, a pedir jaulas, não para os peixes, mas para o Governo Regional.  Houve quem também fizesse um poema, com a AZIA a ter dado voz a todos os que quisessem manifestar a sua opinião.  Entre inúmeros madeirenses, houve uma estrangeira inglesa que reivindicou o direito de nadar num mar sem jaulas.