Marcelo considera Greta Thunberg "símbolo" do problema das alterações climáticas

O Presidente da República considerou hoje que a jovem ativista sueca Greta Thunberg é um “símbolo” e uma “chamada de atenção” para os que ainda não levam a sério o problema das alterações climáticas e do aquecimento global. “É um símbolo de...

Marcelo considera Greta Thunberg "símbolo" do problema das alterações climáticas
O Presidente da República considerou hoje que a jovem ativista sueca Greta Thunberg é um “símbolo” e uma “chamada de atenção” para os que ainda não levam a sério o problema das alterações climáticas e do aquecimento global. “É um símbolo de gerações mais jovens, mas também de uma chamada de atenção a todos aqueles que, sendo menos jovens, não levam tão a sério o problema das alterações climáticas e do aquecimento global. É um real. É um problema de hoje, é um problema de amanhã. É um problema de todos nós”, declarou Marcelo Rebelo de Sousa, à margem da entrega do título de Doutor Honoris Causa ao escritor Mário Cláudio, na Universidade do Porto. Questionado pelos jornalistas sobre o facto de hoje se ter sabido que Greta Thunberg foi eleita a “personalidade do ano” de 2019 pela revista Time, o chefe de Estado afirmou que a jovem ativista “representa não só o sentir das novas gerações em relação a um problema que é um problema essencial da vida de todo o mundo, como representa uma chamada de atenção para outras gerações mais velhas e que muitas vezes são menos atentas àquilo que preocupa os que vão viver mais tempo para além de nós”. O Presidente da República esteve presente na cerimónia de entrega do 97.º Doutor Honoris Causa dado pela Universidade do Porto e que este ano foi entregue ao escritor portuense Mário Cláudio e assumiu que era um admirador do escritor “há décadas”. “Sou admirador de Mário Cláudio desde sempre. Inclusive, apresentei, a meu ver, um dos melhores livros dele – Camilo Broca, sobre Camilo Castelo Branco – e além disso sou o Presidente da República e ele é um dos grandes escritores portugueses vivos. E portanto é uma homenagem pessoal e nacional”, assumiu Marcelo Rebelo de Sousa. A concessão do título de Doutor Honoris Causa da Universidade do Porto ao escritor Mário Cláudio partiu de uma proposta de 15 de maio deste ano realizada pelo Conselho Científico da Faculdade de Letras da Universidade do Porto e chega no mesmo ano em que decorrem os 50 anos de vida literária do escritor. Greta Thunberg passou na semana passada por Portugal com o objetivo de participar em iniciativas no âmbito da Conferência das Nações Unidas sobre as Alterações Climáticas (COP25), em Madrid (Espanha).