Marcelo pede cautela, a pensar na vida, mas com atenção à economia

Marcelo Rebelo de Sousa pediu para que o desconfinamento se faça de forma cautelosa, a pensar na vida, mas com atenção para o que vai acontecendo na economia. E mostrou estar a par dos números da hotelaria, cujos cálculos apontam para que em outubro se atinja metade da ocupação do que seria um ano normal. Marcelo apontou os projetos da Região para novos estímulos financeiro, dando a entender que pretende que o momento atual seja aproveitado, também, para lançar novas bases para um futuro diferente, que “não se fique pelos remendos, ou pela emergência, que é importante no momento, mas para melhorar em termos de emprego”, por exemplo. Falou do financiamento europeu, que seria desejável que acontecesse agora e não em setembro, porque há pessoas e empresários que precisam no imediato do apoio financeiro no imediato.

Marcelo pede cautela, a pensar na vida, mas com atenção à economia
Marcelo Rebelo de Sousa pediu para que o desconfinamento se faça de forma cautelosa, a pensar na vida, mas com atenção para o que vai acontecendo na economia. E mostrou estar a par dos números da hotelaria, cujos cálculos apontam para que em outubro se atinja metade da ocupação do que seria um ano normal. Marcelo apontou os projetos da Região para novos estímulos financeiro, dando a entender que pretende que o momento atual seja aproveitado, também, para lançar novas bases para um futuro diferente, que “não se fique pelos remendos, ou pela emergência, que é importante no momento, mas para melhorar em termos de emprego”, por exemplo. Falou do financiamento europeu, que seria desejável que acontecesse agora e não em setembro, porque há pessoas e empresários que precisam no imediato do apoio financeiro no imediato.