Marinha assistiu veleiro em dificuldades 10 milhas a norte do Porto Santo

A Marinha, através do Subcentro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo (MRSC Funchal) coordenou ontem uma operação de assistência a um veleiro com bandeira do Reino Unido com cerca de 10 metros de comprimento denominado "Wanderer", quando...

Marinha assistiu veleiro em dificuldades 10 milhas a norte do Porto Santo
A Marinha, através do Subcentro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo (MRSC Funchal) coordenou ontem uma operação de assistência a um veleiro com bandeira do Reino Unido com cerca de 10 metros de comprimento denominado "Wanderer", quando este se encontrava a cerca de 10 milhas a norte do Porto Santo. Com um único tripulante a bordo, de nacionalidade sul-africana, sem capacidade de propulsão mecânica devido a uma avaria no motor, em dificuldade para navegar à vela face às condições meteorológicas, foi solicitada assistência. O alerta foi recebido no MRSC Funchal às 08h38, tendo sido de imediato ativado para o local o navio patrulha NRP Tejo e a embarcação salva-vidas da Capitania do Porto do Porto Santo. Face às condições meteorológicas na área, foi mantido um acompanhamento próximo, através do MRSC Funchal, efetuando comunicações a cada 30 minutos com o skipper do veleiro Wanderer e ativada posteriormente a embarcação "AMN-O3-SG ORCA" da Polícia Marítima. Confirmada a necessidade de apoio para o reboque, o mesmo foi realizado pela embarcação "Comandante Cristiano de Sousa" da APRAM, tendo vindo a verificar-se a entrada em segurança na marina do porto do Porto Santo pelas 18h15. O tripulante encontrava-se bem de saúde, sem necessidade de qualquer tipo de assistência médica.