Mercantile Bank (ex.Banco de Lisboa) vendido

O processo oficial da venda do Mercantile Bank  (ex-banco de Lisboa) pela Caixa Geral de Depósitos pode agora prosseguir após a aprovação legal do Governo português. A intenção de venda do banco português (CGD) a um banco sul-africano foi anunciada...

Mercantile Bank (ex.Banco de Lisboa) vendido
O processo oficial da venda do Mercantile Bank  (ex-banco de Lisboa) pela Caixa Geral de Depósitos pode agora prosseguir após a aprovação legal do Governo português. A intenção de venda do banco português (CGD) a um banco sul-africano foi anunciada em março deste ano, e faz parte de um plano de reestruturação da CGD aprovado pela Comissão Europeia. A redução de bens no estrangeiro forma parte do plano. O Governo português aprovou em conselho de ministros, no passado dia 24 o decreto para iniciação do processo oficial de privatização pela CGD, que aguarda a  promulgação do decreto pelo Presidente da República, que o deverá fazer num período de 30 dias, após o qual o processo formal para venda do Mercantile Bank será oficialmente iniciado. Uma parte integrante do processo, as partes interessadas serão postas em contacto com os conselheiros financeiros da CGD, os quais já nomeados para facilitação da venda ao Dutch Bank of South Africa e a CGD investimento. A conclusão faseada do processo é esperada demorar cerca de um ano, durante as quais a admnistração do Mercantile Bank, CGD e finalmente o Governo português observarão os  potenciais compradores com comprovada reputação ética, assim como a abilidade de expandir  o modelo de negócios do  Mercantile Bank. Karl Kumbier, chefe excutivo do Mercantile Bank,  reiterou que só respeitará a decisão se a mesma  beneficiar os seus acionistas, empregados e clientes. Nos últimos anos o Mercantile Bank , obteve resultados muito positivos através da implementação bem sucedida  de uma estratégia de crescimento que viu resultados animadores passarem  dos  R 6 biliões em 2011 para mais de 13 biliões atualmente.  Em termos de depósitos detém R 9 biliões, comparados com os que tinha em 2011 ,R 4.2 biliões o que demonstra um aumento de lucros de 15%  nos últimos anos. O JM sabe que o Mercantile Bank é um dos dois bancos sul-africanos que irão ver a sua classificação elevada pela agência de ratings Moody, muito em breve. Na África do Sul é praticamente desconhecido pela comunidade lusa este movimento para venda do banco que contou sempre com grande apoio da comunidade, especialmente de negociantes oriundos da Madeira, que  durante  mais de quatro décadas deram   preferência ao banco português que em breve deixará de o ser.