Militares madeirenses participam em patrulhamentos de vigilância aos incêndios em Tavira

No âmbito do Plano de Apoio Militar de Emergência do Exército foi, em 08 de julho, projetado um pelotão de 21 militares da Zona Militar da Madeira (ZMM) para reforço do Destacamento do Regimento de Infantaria Nº1 em Tavira. A força constituída...

Militares madeirenses participam em patrulhamentos de vigilância aos incêndios em Tavira
No âmbito do Plano de Apoio Militar de Emergência do Exército foi, em 08 de julho, projetado um pelotão de 21 militares da Zona Militar da Madeira (ZMM) para reforço do Destacamento do Regimento de Infantaria Nº1 em Tavira. A força constituída por um oficial, cinco sargentos e 15 praças, integrou militares do Regimento de Guarnição Nº3 e da Unidade de Apoio do Quartel General da ZMM, tendo regressado hoje à Região. A missão atribuída a estes militares consistiu em executar Patrulhas de Presença e Vigilância na região do Algarve e Alentejo, apoiar o Destacamento em atividades de Serviços e Cerimoniais e, ainda, executar treino operacional. Durante este período, os militares da ZMM realizaram Patrulhamentos em cinco locais distintos, nomeadamente Silves, Monchique, Loulé, São Brás de Alportel e Beja, participaram num Juramento de Bandeira, em Castro Verde, e desenvolveram ações de Treino Operacional conforme programa elaborado para o efeito. "Houve uma grande recetividade e agrado quanto à presença dos Militares Madeirenses na região algarvia e alentejana conseguindo os mesmos cumprir a missão que lhes foi imputada de forma exímia e mostrando o valor dos militares da Zona Militar da Madeira, na Área de Operações do Continente", refere a nota enviada à imprensa.