Montenegro já pensa na segunda volta

Os apoiantes do candidato à liderança do PSD Luís Montenegro começaram a encher pelas 23:00 a sala onde o antigo presidente da bancada fará declarações, quando fontes de ambas as candidaturas começam a dar a segunda volta como certa. Segundo...

Montenegro já pensa na segunda volta
Os apoiantes do candidato à liderança do PSD Luís Montenegro começaram a encher pelas 23:00 a sala onde o antigo presidente da bancada fará declarações, quando fontes de ambas as candidaturas começam a dar a segunda volta como certa. Segundo dados enviados à Lusa, quando faltam apurar 26 secções - incluindo dez da Madeira -, o atual líder, Rui Rio segue na frente com 49,41%, Luís Montenegro tem 41,48% e Miguel Pinto Luz 9,10%. Não há ainda qualquer indicação sobre a hora a que falará Luís Montenegro, apenas a garantia de que só o fará depois de o Conselho de Jurisdição Nacional anunciar oficialmente os resultados. Até às 23:00, o ambiente no hotel em que a equipa de Luís Montenegro escolheu acompanhar a noite eleitoral, no centro de Lisboa, foi sempre frio: na sala com cerca de 60 cadeiras - todas com bandeiras em cima - apenas estiveram os jornalistas. Só o diretor de campanha, Pedro Alves, a mandatária nacional Margarida Balseiro Lopes e o antigo líder parlamentar Hugo Soares apareceram na sala onde estão os jornalistas, os dois últimos para diretos com as televisões. Esses e outros apoiantes passaram parte da noite concentrados no bar do hotel, um piso acima, casos do deputado Pedro Pinto e dos antigo parlamentares António Leitão Amaro - que depois saiu para uma televisão - ou das antigas ministras Paula Teixeira da Cruz e Teresa Morais. Luís Montenegro chegou ao hotel cerca das 21:15, mas subiu diretamente da garagem para o quarto onde acompanhou os resultados, com os colaboradores mais próximos. Cerca de 40 mil militantes do PSD com quotas em dia podiam votar hoje nas eleições diretas para escolher o presidente do partido, numa disputa a três entre o atual detentor do cargo, Rui Rio, o antigo líder parlamentar Luís Montenegro e o vice-presidente da Câmara de Cascais, Miguel Pinto Luz. Se nenhum obtiver mais de 50% dos votos expressos, a segunda volta realiza-se dentro de uma semana, dia 18, entre os dois candidatos mais votados. O 38.º Congresso do PSD realiza-se entre 07 e 09 de fevereiro em Viana do Castelo.