OE2020: Albuquerque admite mudança no sentido de voto dos deputados do PSD/M

O presidente do Governo Regional admitiu esta manhã que o sentido de voto dos deputados do PSD Madeira à Assembleia da República na votação do Orçamento de Estado (OE) na especialidade “pode ser diferente”, sendo que resta esperar se algumas...

OE2020: Albuquerque admite mudança no sentido de voto dos deputados do PSD/M
O presidente do Governo Regional admitiu esta manhã que o sentido de voto dos deputados do PSD Madeira à Assembleia da República na votação do Orçamento de Estado (OE) na especialidade “pode ser diferente”, sendo que resta esperar se algumas das mais de 50 propostas apresentadas pelos social-democratas serão aprovadas. Recorde-se que os três deputados eleitos pelo PSD-M à Assembleia da República abstiveram-se na votação na generalidade do Orçamento de Estado. Miguel Albuquerque espera ver aprovadas as propostas de alteração ao OE para 2020 apresentadas pelo PSD Madeira mas, para além das questões orçamentais, o chefe do Executivo salienta a importância de ter a “capacidade de deixar um espaço aberto para algo que vai ser decisivo, que é voltarmos a apresentar um projeto de alteração da Lei das Finanças Regionais” uma lei que “prejudica claramente a Região Autónoma da Madeira”. Explica que a revisão da Lei das Finanças Regionais é algo fundamental no quadro desta legislatura, por considerar que a diminuição das verbas do fundo de coesão em função da subida do PIB é algo “injusto” para a Madeira, que “está a ser discriminada e prejudicada relativamente a outra região autónoma”. Miguel Albuquerque falava aos jornalistas à margem de uma visita às obras em curso na Escola Básica dos 2° e 3° ciclos do Estreito de Câmara de Lobos, orçadas em 1,2 milhões de euros, cuja conclusão está prevista para o final deste ano.