Orçamento de Estado sublinha tensão entre Rio e Albuquerque

O PSD-M deve ‘furar’ a disciplina partidária na votação do Orçamento de Estado. Miguel Albuquerque já terá dado indicações aos três deputados social-democratas madeirenses na Assembleia da República para viabilizarem o OE, através da abstenção,...

Orçamento de Estado sublinha tensão entre Rio e Albuquerque
O PSD-M deve ‘furar’ a disciplina partidária na votação do Orçamento de Estado. Miguel Albuquerque já terá dado indicações aos três deputados social-democratas madeirenses na Assembleia da República para viabilizarem o OE, através da abstenção, ignorando a posição da estrutura nacional do PSD, que já anunciou o voto contra. Entenderão os dirigentes regionais que o OE já contempla algumas das medidas que eram há muito reclamadas, como a garantia do novo hospital, sendo certa ainda a promessa de redução dos juros da dívida. E apesar de faltarem ainda outras matérias que estão em cima da mesa de negociações, como o ferry ou a fixação dos preços dos bilhetes aéreos a 86 euros, o PSD-M pretende dar um sinal de que está de boa fé no diálogo que tem sido mantido com a República no período pós-eleições, mesmo que isso agudize o momento tenso com a direção nacional do PSD.