Pai e madrasta de Valentina fortemente indiciados por homicídio e ocultação de cadáver

A Polícia Judiciária confirmou a detenção do pai e madrasta, de 38 e 32 anos, de Valentina Fonseca, a menina de 9 anos que desapareceu na quinta-feira e foi este domingo encontrada morta em Peniche. De acordo com a PJ, o casal está fortemente indiciado pela prática dos crimes de homicídio e ocultação de cadáver. O crime terá ocorrido no final da noite de quarta-feira e dentro da habitação estavam ainda quatro crianças. 

A Polícia Judiciária confirmou a detenção do pai e madrasta, de 38 e 32 anos, de Valentina Fonseca, a menina de 9 anos que desapareceu na quinta-feira e foi este domingo encontrada morta em Peniche. De acordo com a PJ, o casal está fortemente indiciado pela prática dos crimes de homicídio e ocultação de cadáver. O crime terá ocorrido no final da noite de quarta-feira e dentro da habitação estavam ainda quatro crianças.