Paris: Homem matou empregado de mesa a tiro devido à demora no serviço

Na passada sexta-feira à noite, um empregado de mesa de 28 anos foi morto a tiro, na pizzaria onde trabalhava em Noisy-le-Grand, um subúrbio de Paris, de acordo com o SOL. O homem foi alvejado por um cliente que considerou que o serviço estava...

Paris: Homem matou empregado de mesa a tiro devido à demora no serviço
Na passada sexta-feira à noite, um empregado de mesa de 28 anos foi morto a tiro, na pizzaria onde trabalhava em Noisy-le-Grand, um subúrbio de Paris, de acordo com o SOL. O homem foi alvejado por um cliente que considerou que o serviço estava a ser demasiado lento e acabou mesmo por morrer no local. Segundo a Agence France Presse, o autor do disparo pôs-se imediatamente em fuga e estarão neste momento várias testemunhas a ajudar as autoridades nas buscas.  O homem terá ficado impaciente pela demora em receber uma sandes, tendo puxado a certa altura de uma arma e disparado contra o ombro do empregado de mesa. As autoridades e as equipas de emergência foram prontamente chamadas ao local, mas não tiveram sucesso nas tentativas de reanimação do sujeito de 28 anos. Em declarações ao diário francês Le Parisien, Louise, vizinha do restaurante-pizzaria Mistral e dona de uma loja ali perto, conta que ouviu “um estrondo que soou muito alto, por volta das 21h15” e que momentos mais tarde chegaram muitas ambulâncias. O mesmo jornal conta que durante o sábado, o choque deste crime ainda dominava a zona. Todos os vizinhos do restaurante afirmam que todos os funcionários deste estabelecimento eram bons profissionais. Louise, caracteriza o espaço como “um restaurante tranquilo, sem problemas.” O crime aconteceu em Noisy-le-Grand, um subúrbio localizado a cerca de 15 quilómetros do centro de Paris. Esta zona tem sido marcada por um aumento nas taxas de criminalidade, tal como de casos de embriaguez pública e tráfico de drogas. Face à ausência de explicação para este crime, alguns moradores acreditam que se deve ao ambiente degradado que se tem vindo a agravar naquele bairro.