Parlamento madeirense e Ordem dos Advogados celebram acordo para a formação

A Assembleia Legislativa da Madeira e o Conselho Regional da Madeira Ordem dos Advogados (AO) assinaram, hoje, um protocolo que têm por objetivo "concretizar ações de formação de excelência”, segundou explicou a Presidente do Conselho Regional da AO. Paula Margarido revelou que no próximo ano estão planeadas “pós-graduações que vão decorrer no Salão Nobre do Parlamento madeirense”, “que terão maior interesse para todos aqueles que exercem a advocacia e que também são juristas no Governo e na Administração Pública Regional. É isso que temos pensado também com outros parceiros, entre eles a Universidade Católica Portuguesa”, referiu. Trata-se de um projeto a longo prazo que aposta na formação contínua de advogados e juristas. O Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira destaca a importância deste acordo “por se tratar de uma classe profissional muito ligada a esta casa das Leis, que é o Parlamento”. José Manuel Rodrigues espera que o protocolo entre a “Assembleia Legislativa da Madeira e a Ordem dos Advogados possa ter um vínculo estável e uma relação duradoura”. Adiantou ainda que já próximo mês o Parlamento madeirense acolhe uma conferência do “Dr. Rogério Alves, um extraordinário e conhecido advogado português, que virá falar sobre a lentidão da justiça, um tema que diz respeito a todos”. A conferência, inserida no ciclo de conferências Parlamento com Causas, está agendada para dia 03 de dezembro e tem o título “A Lentidão na Justiça: Defeito ou Feitio?”.

Parlamento madeirense e Ordem dos Advogados celebram acordo para a formação
A Assembleia Legislativa da Madeira e o Conselho Regional da Madeira Ordem dos Advogados (AO) assinaram, hoje, um protocolo que têm por objetivo "concretizar ações de formação de excelência”, segundou explicou a Presidente do Conselho Regional da AO. Paula Margarido revelou que no próximo ano estão planeadas “pós-graduações que vão decorrer no Salão Nobre do Parlamento madeirense”, “que terão maior interesse para todos aqueles que exercem a advocacia e que também são juristas no Governo e na Administração Pública Regional. É isso que temos pensado também com outros parceiros, entre eles a Universidade Católica Portuguesa”, referiu. Trata-se de um projeto a longo prazo que aposta na formação contínua de advogados e juristas. O Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira destaca a importância deste acordo “por se tratar de uma classe profissional muito ligada a esta casa das Leis, que é o Parlamento”. José Manuel Rodrigues espera que o protocolo entre a “Assembleia Legislativa da Madeira e a Ordem dos Advogados possa ter um vínculo estável e uma relação duradoura”. Adiantou ainda que já próximo mês o Parlamento madeirense acolhe uma conferência do “Dr. Rogério Alves, um extraordinário e conhecido advogado português, que virá falar sobre a lentidão da justiça, um tema que diz respeito a todos”. A conferência, inserida no ciclo de conferências Parlamento com Causas, está agendada para dia 03 de dezembro e tem o título “A Lentidão na Justiça: Defeito ou Feitio?”.