Partidos e políticos estão a "matar as conquistas de Abril", diz RIR

Em comunicado, o partido RIR manifestou desagrado pelas políticas que vêm sendo postas em prática nos últimos anos, quer à esquerda, quer à direita. Algo que o RIR "não pode deixar passar em branco" nestas eleições. "O direito dos trabalhadores...

Partidos e políticos estão a
Em comunicado, o partido RIR manifestou desagrado pelas políticas que vêm sendo postas em prática nos últimos anos, quer à esquerda, quer à direita. Algo que o RIR "não pode deixar passar em branco" nestas eleições. "O direito dos trabalhadores têm sido exterminados pelos partidos e pelos políticos. Perdem-se direitos conquistados, as greves são ultrapassadas por requisições civis, a perseguição aos trabalhadores é uma constante, os grevistas são substituídos por outros profissionais não habilitados, o despedimento está cada vez mais facilitado, os salários não crescem, aumentam-se os impostos e exploram-se trabalhadores, em programas escravos, que lhes pagam metade do salário mínimo", refere nota, assinada por Roberto Vieira. O mesmo afirma que "todas estas políticas são prática da 'gerigonça" do PS e de outros governos que os antecederam", e, por esse motivo, o partido RIR, "entende que devemos colocar um travão nestas políticas, que contrariam todas as conquistas de Abril e penalizam todas as famílias". "O partido RIR vai procurar recuperar estas conquistas e para isso precisa do seu voto, pois o nosso compromisso é fazer mais e melhor, apresentando soluções exequíveis para os problemas com os quais os portugueses lidam todos os dias", conclui.