Passageira escapa a violação em Lisboa por dizer ao taxista que era portadora de SIDA

Uma mulher terá sido vítima de uma tentativa de violação por parte de um taxista, na noite de sábado, em Monsanto, avança o SOL. Segundo o Correio da Manhã, refere a mesma fonte, a vítima apanhou o táxi nas Docas, em Lisboa, e foi levada pelo...

Passageira escapa a violação em Lisboa por dizer ao taxista que era portadora de SIDA
Uma mulher terá sido vítima de uma tentativa de violação por parte de um taxista, na noite de sábado, em Monsanto, avança o SOL. Segundo o Correio da Manhã, refere a mesma fonte, a vítima apanhou o táxi nas Docas, em Lisboa, e foi levada pelo taxista até Monsanto, onde a tencionava violar. Escreve o mesmo jornal, que cita o depoimento da vítima às autoridades, que o homem lhe rasgou as roupas. A mulher terá conseguido evitar a violação ao dizer ao taxista que era portadora de SIDA. O homem acabou por desistir, abandonou-a de imediato e fugiu. O alerta foi dado pelas 08h06, quando uma testemunha encontrou a vítima inanimada no chão e com a roupa rasgada. A PJ esteve no local e a mulher foi transportada para o Hospital São Francisco Xavier.  A vítima, que ficou com vários ferimentos, apresentou queixa às autoridades, que estão já a investigar o caso.