Passe Interrail mantêm-se válido no Reino Unido em 2020

O diretor da Rail Delivery Group (RDG), empresa que representa companhias ferroviárias britânicas, anunciou hoje que os turistas europeus vão poder continuar a usar o passe Interrail para visitar o Reino Unido. Num comunicado publicado no portal...

Passe Interrail mantêm-se válido no Reino Unido em 2020
O diretor da Rail Delivery Group (RDG), empresa que representa companhias ferroviárias britânicas, anunciou hoje que os turistas europeus vão poder continuar a usar o passe Interrail para visitar o Reino Unido. Num comunicado publicado no portal da RDG, Robert Nisbet indicou que "as empresas de comboios do Reino Unido nunca quiseram sair do Interrail". Na quarta-feira, o Rail Delivery Group garantiu que os turistas europeus iam deixar de poder usar o passe Interrail para visitar o Reino Unido a partir de 2020, uma decisão que não estava relacionada com o 'Brexit'. "O Grupo Eurail decidiu terminar a nossa participação a partir de 01 de janeiro de 2020, apesar de querermos permanecer no grupo. Isto não está relacionado com a nossa participação na UE [União Europeia]", vincou. No entanto, após "fortes reações às notícias" da saída, o Rail Delivery Group e a Eurail, empresa que administra a Interrail, reiniciaram conversações. "Temos o prazer de poder informar aos passageiros que chegamos a um acordo e continuaremos a fazer parte dos passes Interrail e Eurail", lê-se na nota do RDG. Segundo a organização britânica, que inclui empresas de transporte de passageiros e de mercadorias, em causa estava a recusa de continuar a aceitar passes Eurail, um bilhete que permite viajar através da Europa em 31 países diferentes, incluindo países que não pertencem à UE, como Sérvia, Suíça ou Turquia. Esta decisão resultou na exclusão do esquema do Interrail, que funciona desde 1972 e permite aos jovens entre os 12 e 27 anos viajarem a preços mais económicos no conjunto dos 31 países, que até ao final do ano continua a incluir o Reino Unido.