Paulo Cafôfo diz que só o PS pode garantir a mudança

"Só o PS pode garantir a mudança. Só o PS pode ser a mudança, porque, de todos os partidos, somos aquele que garante a alternativa", disse, ontem, o candidato Paulo Cafôfo.  Foi desta forma que Paulo Cafôfo apelou ao voto no Partido Socialista...

Paulo Cafôfo diz que só o PS pode garantir a mudança
"Só o PS pode garantir a mudança. Só o PS pode ser a mudança, porque, de todos os partidos, somos aquele que garante a alternativa", disse, ontem, o candidato Paulo Cafôfo.  Foi desta forma que Paulo Cafôfo apelou ao voto no Partido Socialista nas eleições do próximo domingo, durante um almoço na Ponta do Sol, que contou com cerca de 250 apoiantes. O candidato disse que nunca foi tão importante como agora que as pessoas vão votar e deixou um apelo àqueles que ainda estão indecisos e querem uma mudança.  "Têm esta oportunidade, está nas suas mãos colocar o PS no poder, colocar-me como presidente do Governo. Aquilo que peço é que nos próximos quatro anos deem-me oportunidade de governar a Madeira", afirmou, recebendo fortes aplausos. Perante um cenário de 17 candidaturas a estas eleições, Paulo Cafôfo deixou claro que só há dois candidatos que podem ser presidentes do Governo Regional, estando a decisão nas mãos dos madeirenses e porto-santenses. "A opção tem de ser clara. Quem é que as pessoas querem para futuro presidente do Governo Regional, Albuquerque ou Cafôfo?", questionou. Paulo Cafôfo garantiu que será o presidente de todos os madeirenses e que não precisa de dizer mal de ninguém para ser eleito. "Eu não preciso dizer mal de outros madeirenses para ser presidente do Governo. Temos já tantos problemas na nossa terra que não podemos estar de costas voltadas uns para os outros, nem podemos pôr uns madeirenses contra outros madeirenses", sustentou. Neste que é o penúltimo dia de campanha, Paulo Cafôfo sublinhou que a vitória está próxima. "Nós temos estado nas diversas sondagens a subir, uma após uma, mas a melhor sondagem é aquela que nós sentimos na rua, é o apoio, é o entusiasmo, é a alegria do povo que quer a mudança", rematou.