PCP defende criação do complemento regional de reforma

O PCP realizou um encontro com reformados e pensionistas para defender uma nova política regional que valorize as pensões de reforma. No final da ação política, realizada na sede do PCP, à Rua João de Deus, o deputado, Ricardo Lume, salientou...

PCP defende criação do complemento regional de reforma
O PCP realizou um encontro com reformados e pensionistas para defender uma nova política regional que valorize as pensões de reforma. No final da ação política, realizada na sede do PCP, à Rua João de Deus, o deputado, Ricardo Lume, salientou que "os reformados, pensionistas e idosos, com um peso crescente na sociedade, continuam confrontados com um conjunto de problemas que têm na sua génese a inexistência de pensões dignas". Defendendo que "ao longo das últimas décadas o PCP é a força política que mais tem alertado para a necessidade de valorizar as reformas na Região", o deputado destaca a existência de mais de 20 mil reformados e pensionistas que auferem pensões de reforma inferiores ao salário mínimo nacional, sendo esta realidade "da mais elementar injustiça, pois a grande maioria destes reformados, foram explorados como trabalhadores, receberam salários de miséria, foram os responsáveis pelo desenvolvimento económico e social da nossa Região, mas agora as suas pensões de reforma não são suficientes para sobreviver." "Por vivermos numa região insular distante, os custos de vida são mais elevados do que no resto do País, o que seria da mais elementar justiça existir uma forma de minimizar os custos de insularidade para os reformados e pensionistas", afirmou. O PCP defende, por isso, que "a par dos aumentos extraordinários das reformas já alcançados na anterior legislatura por intervenção do PCP e que é necessário prosseguir já no Orçamento de Estado para 2020, que exista um complemento regional de reforma de 65€ para todos os reformados e pensionistas que auferem rendimentos inferiores ao salário mínimo". "Recentemente na Assembleia Legislativa Regional PSD e CDS chumbaram uma iniciativa legislativa do PCP que defendia a criação de um complemento regional de reforma", lembrou ainda o deputado, que assegura que "o PCP vai continuar a intervir para que esta justa reivindicação dos reformados e pensionistas seja uma realidade o mais rápido possível."