PCTP respeita opinião do eleitorado

Aquela que foi a cabeça de lista do PCTP ao ato eleitoral que hoje decorreu na Madeira, afirmou que o povo é quem decide que não pode forçar as opiniões daqueles que votam. Fernanda Calaça, em declarações ao JM, disse-se de consciência tranquila,...

PCTP respeita opinião do eleitorado
Aquela que foi a cabeça de lista do PCTP ao ato eleitoral que hoje decorreu na Madeira, afirmou que o povo é quem decide que não pode forçar as opiniões daqueles que votam. Fernanda Calaça, em declarações ao JM, disse-se de consciência tranquila, uma vez que deu o seu melhor para um bom resultado eleitoral. Este não foi o resultado esperado e Fernanda Calaça admite que não conseguiu passar a sua mensagem. Ainda assim, é de opinião de que fez tudo por tudo para conseguir ir mais além.  “Vivemos numa democracia e temos de aceitar aquilo que é ditado pelo povo”, defendeu quando falta apenas apurar a freguesia da Sé.