Pedro Calado destaca apoio de 200 mil euros à exportação para território nacional

Pedro Calado destacou hoje a linha de apoio de cerca de 200 mil euros que o Governo Regional atribui às empresas que colocam os seus produtos em território nacional. “É uma grande vantagem que estamos a dar às empresas, porque podem aumentar...

Pedro Calado destaca apoio de 200 mil euros à exportação para território nacional
Pedro Calado destacou hoje a linha de apoio de cerca de 200 mil euros que o Governo Regional atribui às empresas que colocam os seus produtos em território nacional. “É uma grande vantagem que estamos a dar às empresas, porque podem aumentar a capacidade de produção, mas só vão fazer esse aumento se tiverem mercado para fazer o escoamento”, vincou o governante. “Ao darmos este incentivo para que as empresas possam colocar os produtos no território nacional, estamos a eliminar custos de transporte e com isso os produtos chegam ao continente praticamente ao mesmo preço que são comercializados aqui”, acrescentou. Através desta ferramenta, frisou o representante do Executivo, a Madeira tem um acesso mais facilitado ao mercado nacional de “dois milhões de consumidores”. Na sequência da visita à empresa madeirense ‘Solidago’, situada na Zona Franca Industrial da Madeira, no Caniçal, Pedro Calado salientou que as indústrias hoteleira e de restauração têm “crescido muito” ao nível nacional. O governante destacou as vantagens atribuídas às empresas Zona Franca que beneficiam de um regime de redução fiscal, nomeadamente, a taxa de IRC a 5%, e, por sua vez, disponibilizam postos de trabalho.  “São centenas de famílias que dependem do desenvolvimento destas empresas, são milhões de faturação que são tributados”, ressaltou. “É por isso que a Zona Franca existe e devia ter um outro carinho por parte do Governo da República que não deveria deixar que alguns ‘players’, sobretudo algumas pessoas que estão na União Europeia, façam um trabalho de difamação da Zona Franca Industrial”, concluiu.