Pedro Calado: "Governo Regional promove uma efetiva coesão territorial"

O vice-presidente do Governo Regional, Pedro Calado, foi esta quarta-feira à Ponta do Sol dizer que o Executivo madeirense vai manter a sua estratégia de progresso e desenvolvimento integrado, promovendo, simultaneamente, uma verdadeira e efetiva...

Pedro Calado: "Governo Regional promove uma efetiva coesão territorial"
O vice-presidente do Governo Regional, Pedro Calado, foi esta quarta-feira à Ponta do Sol dizer que o Executivo madeirense vai manter a sua estratégia de progresso e desenvolvimento integrado, promovendo, simultaneamente, uma verdadeira e efetiva coesão territorial e social. Pedro Calado, que falava no âmbito da iniciativa “Orçamento com Proximidade”, que decorreu no Centro John dos Passos, afirmou que, “ao contrário do que acontece no continente, onde o interior e as localidades mais afastadas de Lisboa são esquecidas pelo poder central, na Região, houve sempre a preocupação de levar o desenvolvimento a todos os concelhos, independentemente das cores políticas que estivessem e que estejam no executivo autárquico”. Hoje, prosseguiu Pedro Calado, “todos os concelhos possuem os serviços essenciais, como centros de saúde e escolas, entre outras infraestruturas e acessibilidades, os quais foram conquistados com a autonomia e com uma verdadeira política de coesão, servindo os madeirenses e porto-santenses de igual forma”. Sobre as principais intervenções em curso ou a realizar, este ano, no concelho da Ponta do Sol, Pedro Calado destacou “a regularização do troço final da Ribeira da Madalena do Mar, bem como a reconstrução da estrada regional que liga os sítios dos Salões e Barreiro, entre outros empreendimentos, representando um investimento do Governo Regional na ordem dos 8,3 milhões de euros”. Além destes, Pedro Calado recordou ainda outros empreendimentos, apoiados pelo programa comunitário PO SEUR e que vão beneficiar, direta e indiretamente, o concelho da Ponta do Sol, como é o caso da “Ampliação do Aproveitamento Hidroelétrico da Calheta, um projeto que está em fase final de execução e que vai permitir dar melhor resposta em matéria de produção de energias limpas, mas também em matéria de gestão eficiente dos recursos hídricos nos concelhos a oeste”. Na oportunidade, Pedro Calado falou também no bom desempenho da economia regional, com um crescimento, há mais de 77 meses consecutivos, do Indicador Regional da Atividade Económica. Tudo isso, acrescentou, leva o Governo Regional a manter o percurso que vem percorrendo, “um trajeto de equilíbrio das contas públicas com a manutenção de um clima social e económico que permita à Região continuar o desenvolvimento, com respeito pela coesão económica, territorial e social”. A performance económica e a boa gestão das contas públicas, segundo o vice-presidente do Governo Regional, “têm permitido, igualmente, que tenham sido reforçadas as verbas para a saúde e áreas sociais”. Um desses exemplos, apontou Pedro Calado, “é, entre outros, o programa de apoio a desempregados que, desde 2015, já beneficiou 517 pessoas deste concelho, totalizando uma ajuda que ascende a 2,6 milhões de euros”.