Pedro Calado: "Madeira merecia medalha de mérito pela redução da dívida"

O vice-presidente do Governo Regional defendeu hoje que "a Madeira merecia uma medalha de mérito" pelo trabalho de redução da dívida regional. Pedro Calado salientou que a Madeira reduziu a dívida regional, enquanto que as dívidas nacional...

Pedro Calado: "Madeira merecia medalha de mérito pela redução da dívida"
O vice-presidente do Governo Regional defendeu hoje que "a Madeira merecia uma medalha de mérito" pelo trabalho de redução da dívida regional. Pedro Calado salientou que a Madeira reduziu a dívida regional, enquanto que as dívidas nacional e mundial têm aumentado. Por outro lado, e quando o debate estava aceso em torno das propostas de redução do IVA, o vice-presidente do Governo Regional questionou os deputados da oposição sobre se sabiam quanto valia 1% do IVA. "Sabem quanto custa 1% do IVA? Um por cento corresponde a 25 milhões de euros, dois por cento 39 milhões de euros e três por cento 43 milhões de euros", disse. "Não têm noção", disse, acusando os partidos da oposição de fazerem propostas sem antes fazerem contas. Pedro Calado desafiou, ainda, os partidos da oposição e a comunicação social a verificarem quantas nomeações para o Governo Regional foram feitas de pessoas provenientes já da função pública e quantas foram de pessoas de fora da administração. O tema das nomeações para o governo regional tem sido um dos pontos mais debatidos nestes dias na Assembleia Legislativa da Madeira, mas o governante garante que a "grande maioria já era da administração pública". O governante desafiou também a irem verificar quantas nomeações foram feitas para as câmaras municipais da região, e qual a origem geográfica dessas pessoas. Para rebater a ideia de que o governo não investe nos municípios, Pedro Calado afirmou que o PIDDAR prevê 548 milhões de euros para derramar pelos diferentes concelhos da região.