Pelo menos nove mortos em ataque do grupo 'jihadista' Al-Shabab na Somália

Pelo menos nove pessoas morreram esta madrugada num novo ataque do grupo ‘jihadista’ somali Al-Shabab contra uma base militar no norte de Mogadíscio, disseram fontes militares. Este é o segundo atentado na zona da capital somali em três dias...

Pelo menos nove mortos em ataque do grupo 'jihadista' Al-Shabab na Somália
Pelo menos nove pessoas morreram esta madrugada num novo ataque do grupo ‘jihadista’ somali Al-Shabab contra uma base militar no norte de Mogadíscio, disseram fontes militares. Este é o segundo atentado na zona da capital somali em três dias e aconteceu cerva das 05:00 locais (02:00 em Lisboa), no posto de Hilwayne. Entre as vítimas há soldados e civis, segundo um chefe militar que chegou ao local como reforço após o ataque, Adan Mohamed Esak, citado pela agência Efe. A chegada deste reforço militar obrigou à retirada dos elementos do Al-Shabab e as forças armadas somalis recuperaram o controlo da base. Este incidente aconteceu dias depois de outro atentado realizado pelo mesmo grupo contra um hotel da capital, ao lado do palácio presidencial, em que morreram cinco pessoas. Mogadíscio tem sido alvo deste grupo, que se filiou em 2012 na organização terrorista Al-Qaida e que controla parte do centro e do sul da Somália, onde pretende instaurar um Estado islâmico wahabi (ultaconservador). A Somália vive num estado de anarquia e caos desde 1991, após a queda do ditador Siad Barre, o que deixou o país sem Governo efetivo e nas mãos de milícias islâmicas e de senhores da guerra.