PJ deteve dois homens por associação criminosa e falsidade informática

A Polícia Judiciária, através da Unidade Nacional de Combate ao Cibercrime e à Criminalidade Tecnológica (UNC3T), no âmbito de diligências desenvolvidas no início da semana, procedeu à detenção em flagrante de dois indivíduos de nacionalidade...

PJ deteve dois homens por associação criminosa e falsidade informática
A Polícia Judiciária, através da Unidade Nacional de Combate ao Cibercrime e à Criminalidade Tecnológica (UNC3T), no âmbito de diligências desenvolvidas no início da semana, procedeu à detenção em flagrante de dois indivíduos de nacionalidade búlgara, com 42 e 26 anos, presumíveis autores da instalação de, pelo menos, oito dispositivos skimmer em ATM's na zona da baixa de Lisboa. A investigação e operação realizadas, tiveram por base o registo de uma multiplicidade de ocorrências, relacionadas com a deteção de vários dispositivos skimmer no início da semana, montados em terminais ATM. A situação culminou no dia 20 de novembro, pelas 23h30, junto ao Centro Comercial da Mouraria, Lisboa, onde a PJ localizou e deteve os dois indivíduos referidos, que são referenciados como possíveis elementos de uma organização criminosa de origem Búlgara.  Foram apreendidos vários dispositivos skimmer, microcâmaras, placas e ferramentas para montagem/fabricação de dispositivos, cartões contrafeitos e dados de cartões (várias origens). O objetivo desta atividade criminosa visava obter os dados da banda magnética/pin de cartões bancários, para posterior clonagem e levantamentos. Tendo sido detetados, até ao momento, cerca de €13.000 de fraude concretizada. A operação contou com a colaboração da Euronet e SIBS.  Os detidos serão presentes para primeiro interrogatório judicial (hoje), para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas, no DIAP de Lisboa.