Policarpo Gouveia: "Ninguém foi impedido de entrar na Assembleia Geral"

O presidente da Associação de Atletismo da Região Autónoma da Madeira (AARAM), no final da Assembleia Geral do organismo, negou a existência de clubes 'barrados' à entrada. "Ninguém foi impedido de entrar, isso é falso. Só entrou quem foi convocado para a assembleia", disse o dirigente ao JM no final da assembleia geral. Dessa reunião, ficou definida a data das eleições para 11 de Novembro e ainda a regularização de 48 clubes que não constavam como sócios ordinários com direito a voto. "Foi tudo regularizado tendo em vista as eleições para que todos possam votar e ninguém saia prejudicado", disse Policarpo Gouveia, admitindo que foi detectada essa questão de clubes que pagavam a taxa de filiação há algum tempo e não tiram direito a voto na associação. Recorde-se que a AARAM vai então a eleições no dia 11 de Novembro, com Jorge Cipriano a concorrer com Policarpo Gouveia pela liderança do organismo.

Policarpo Gouveia: "Ninguém foi impedido de entrar na Assembleia Geral"
O presidente da Associação de Atletismo da Região Autónoma da Madeira (AARAM), no final da Assembleia Geral do organismo, negou a existência de clubes 'barrados' à entrada. "Ninguém foi impedido de entrar, isso é falso. Só entrou quem foi convocado para a assembleia", disse o dirigente ao JM no final da assembleia geral. Dessa reunião, ficou definida a data das eleições para 11 de Novembro e ainda a regularização de 48 clubes que não constavam como sócios ordinários com direito a voto. "Foi tudo regularizado tendo em vista as eleições para que todos possam votar e ninguém saia prejudicado", disse Policarpo Gouveia, admitindo que foi detectada essa questão de clubes que pagavam a taxa de filiação há algum tempo e não tiram direito a voto na associação. Recorde-se que a AARAM vai então a eleições no dia 11 de Novembro, com Jorge Cipriano a concorrer com Policarpo Gouveia pela liderança do organismo.