Polícia confunde filho com intruso e dá-lhe um tiro

Um agente da polícia disparou contra o prórpio filho, no Estado norte-americano do Texas, julgando que se tratava de um intruso que tentava invadir a sua casa, avança o jornal SOL.  No último sábado, na cidade de DeSoto, sul de Dallas, a polícia...

Polícia confunde filho com intruso e dá-lhe um tiro
Um agente da polícia disparou contra o prórpio filho, no Estado norte-americano do Texas, julgando que se tratava de um intruso que tentava invadir a sua casa, avança o jornal SOL.  No último sábado, na cidade de DeSoto, sul de Dallas, a polícia foi alertada para os disparos de um agente, que se encontrava fora de serviço, na própria habitação. Quando lá chegaram, depararam-se com o filho do agente a sangrar da testa, tendo este sido transportado ao hospital onde não corre risco de vida. “Foi um acidente”, declarou o porta-voz da polícia de DeSoto, Pete Schulte. “Estamos muito contentes que não tenha resultado em ferimentos graves ou morte", acrescentou, de acordo com a mesma fonte. Nenhuma queixa ou qualquer detenção foi efetuada, estando, no entanto, a decorrer uma investigação. “O Departamento de Polícia de DeSoto está a tratar o caso como todos os outros casos idênticos e que teríamos tratado exatamente da mesma maneira. Se alguma acusação for considerada posteriormente, eles terão que irão ao gabinete do procurador, como todos os outros”, concluiu Schulte.