Polícia Judiciária detém homem pela prática de crimes de roubo qualificado, sequestro e detenção de arma proibida

A Polícia Judiciária, através da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo, localizou, identificou e deteve um homem, de 26 anos, fortemente indiciado pela prática de crimes de roubo qualificado, sequestro e detenção de arma proibida.   Os factos que originaram a investigação ocorreram no passado mês de maio, quando o ora detido e dois outros coautores, um dos quais já preso preventivamente, se introduziram numa residência do concelho do Cartaxo, sequestraram a proprietária e apropriaram-se de diversos bens, nomeadamente telemóveis e dinheiro. Um dos autores, foi, de imediato, detido em flagrante delito pela Guarda Nacional Republicana local, tendo-se os restantes colocado em fuga. A Polícia Judiciária, na sequência das diligências realizadas, veio a localizar e deter um segundo autor, na cidade de Coimbra, seu atual local de residência, tendo-lhe apreendido duas armas de fogo de calibre de guerra 9mm, dois silenciadores, munições e um passa-montanhas, entre outros objetos de relevante valor probatório. O detido será presente a primeiro interrogatório judicial, para aplicação das medidas de coação processual adequadas. A Polícia Judiciária irá prosseguir a investigação, visando apurar o envolvimento do ora detido em outros crimes idênticos, bem como a identificação do terceiro autor ainda por localizar.

Polícia Judiciária detém homem pela prática de crimes de roubo qualificado, sequestro e detenção de arma proibida
A Polícia Judiciária, através da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo, localizou, identificou e deteve um homem, de 26 anos, fortemente indiciado pela prática de crimes de roubo qualificado, sequestro e detenção de arma proibida.   Os factos que originaram a investigação ocorreram no passado mês de maio, quando o ora detido e dois outros coautores, um dos quais já preso preventivamente, se introduziram numa residência do concelho do Cartaxo, sequestraram a proprietária e apropriaram-se de diversos bens, nomeadamente telemóveis e dinheiro. Um dos autores, foi, de imediato, detido em flagrante delito pela Guarda Nacional Republicana local, tendo-se os restantes colocado em fuga. A Polícia Judiciária, na sequência das diligências realizadas, veio a localizar e deter um segundo autor, na cidade de Coimbra, seu atual local de residência, tendo-lhe apreendido duas armas de fogo de calibre de guerra 9mm, dois silenciadores, munições e um passa-montanhas, entre outros objetos de relevante valor probatório. O detido será presente a primeiro interrogatório judicial, para aplicação das medidas de coação processual adequadas. A Polícia Judiciária irá prosseguir a investigação, visando apurar o envolvimento do ora detido em outros crimes idênticos, bem como a identificação do terceiro autor ainda por localizar.