Polícia remove nacionais estrangeiros

Centenas de nacionais estrangeiros estão a ser removidos pela polícia sul africana (SAPS) da área dos escritórios da Alta Comissão das Nações Unidas (NU) para os Refugiados, do St. Georde Mall, no CBD, na Cidade do Cabo onde se têm mantido...

Polícia remove nacionais estrangeiros
Centenas de nacionais estrangeiros estão a ser removidos pela polícia sul africana (SAPS) da área dos escritórios da Alta Comissão das Nações Unidas (NU) para os Refugiados, do St. Georde Mall, no CBD, na Cidade do Cabo onde se têm mantido sentados há uma semana protestando, de forma pacífica, sobre a falta de segurança. Nas últimas semanas, os manifestantes têm solicitado para que sejam evacuados da África do Sul de forma a encontrarem lugar seguro por terem receio de ataques contra nacionais estrangeiros.  A situação é deveras caótica. Muitas pessoas apresentam feridas ensanguentadas, veem os seus pertences a serem lançados na praça e nas ruas e crianças separas dos pais. A polícia dimanou um comunicado no qual se pode ler que 100 pessoas foram detidas por se terem recusado dispersar, depois de solicitadas várias vezes a fazê-lo. A polícia está a dar cumprimento a uma ordem do tribunal de 18 de outubro, para despejar 300 refugiados e outras pessoas requerendo asilo que participaram no protesto pacífico. Foi o proprietário do prédio que requereu uma ordem do tribunal para por cobro a uma situação inconveniente. Oficiais do Ministério da Administração Interna (Home Affairs, serviços sociais) estiveram presentes, assim como coatores da lei.