Ponta do Sol garante acesso a equipamentos tecnológicos e internet aos alunos

A impossibilidade de acesso de muitos alunos à escola através de computador ou tablet e de acesso à internet está a criar desigualdades que têm preocupado muitas famílias e escolas da Ponta do Sol, refere a autarquia em comunicad. Nesse sentido, a Câmara Municipal em colaboração com a CPCJ (Comissão de Proteção de Crianças e Jovens) vai garantir que todos os alunos, do 1.º ao 12.º ano, disponham dos meios essenciais para a conclusão do ano letivo. A autarquia irá adquirir tablets e pacotes de ligação à internet para disponibilizar às famílias identificadas pelas escolas como não dispondo de nenhum tipo de acesso a estas ferramentas essenciais, que traduzir-se-á num investimento de cerca de 20 mil euros. Na mesma nota, a autarquia salienta que as escolas elaboraram os seus planos de ensino à distância contando com a promessa do Governo Regional em garantir acesso aos equipamentos tecnológicos e internet para todos os alunos de forma a proporcionar igualdade no contacto professor/aluno para a conclusão do ano letivo. "A responsabilidade passada agora para as escolas para resolverem a situação coloca-as numa posição delicada, pois nem todas dispõem de equipamentos adequados ou suficientes para as carências que identificaram junto das famílias. Acresce ainda o facto de, da parte do Governo Regional não haver resposta clara quanto ao acesso à internet, criando-se falta de igualdade de oportunidade entre alunos que é imprescindível e inadiável ultrapassar rapidamente", acrescenta.   A Câmara refere ainda que "o acesso à educação dos nossos alunos é uma questão que está no topo das nossas prioridades, razão pela qual o Município da Ponta do Sol em articulação com todas as escolas do Concelho irá garantir, em breve, uma resolução para este problema de forma a que os últimos meses de aulas se cumpram sem limitações."  

Ponta do Sol garante acesso a equipamentos tecnológicos e internet aos alunos
A impossibilidade de acesso de muitos alunos à escola através de computador ou tablet e de acesso à internet está a criar desigualdades que têm preocupado muitas famílias e escolas da Ponta do Sol, refere a autarquia em comunicad. Nesse sentido, a Câmara Municipal em colaboração com a CPCJ (Comissão de Proteção de Crianças e Jovens) vai garantir que todos os alunos, do 1.º ao 12.º ano, disponham dos meios essenciais para a conclusão do ano letivo. A autarquia irá adquirir tablets e pacotes de ligação à internet para disponibilizar às famílias identificadas pelas escolas como não dispondo de nenhum tipo de acesso a estas ferramentas essenciais, que traduzir-se-á num investimento de cerca de 20 mil euros. Na mesma nota, a autarquia salienta que as escolas elaboraram os seus planos de ensino à distância contando com a promessa do Governo Regional em garantir acesso aos equipamentos tecnológicos e internet para todos os alunos de forma a proporcionar igualdade no contacto professor/aluno para a conclusão do ano letivo. "A responsabilidade passada agora para as escolas para resolverem a situação coloca-as numa posição delicada, pois nem todas dispõem de equipamentos adequados ou suficientes para as carências que identificaram junto das famílias. Acresce ainda o facto de, da parte do Governo Regional não haver resposta clara quanto ao acesso à internet, criando-se falta de igualdade de oportunidade entre alunos que é imprescindível e inadiável ultrapassar rapidamente", acrescenta.   A Câmara refere ainda que "o acesso à educação dos nossos alunos é uma questão que está no topo das nossas prioridades, razão pela qual o Município da Ponta do Sol em articulação com todas as escolas do Concelho irá garantir, em breve, uma resolução para este problema de forma a que os últimos meses de aulas se cumpram sem limitações."