Porta 33 reforça ligação à ilha do Porto Santo

É uma ligação afetiva e efetiva ao Porto Santo, aquela que a Porta 33 está a desenvolver desde novembro do ano passado (até mesmo antes, contando com a preparação), materializada no evento ‘‘Redesenhar a Antiga Escola da Vila do Porto Santo...

Porta 33 reforça ligação à ilha do Porto Santo
É uma ligação afetiva e efetiva ao Porto Santo, aquela que a Porta 33 está a desenvolver desde novembro do ano passado (até mesmo antes, contando com a preparação), materializada no evento ‘‘Redesenhar a Antiga Escola da Vila do Porto Santo – encontros com o território e a sua comunidade através da Arte’. A segunda edição decorreu durante a semana e encerrou sábado, com um momento de debate e reflexão, sobre o trabalho desenvolvido. Promover a educação pela arte na ‘ilha dourada’ é o objetivo da Porta 33 – Associação Quebra Costas Centro de Arte Contemporânea, fundada no Funchal em 1989, estando para isso a decorrer “um trabalho silencioso”, na procura de parcerias e financiamentos, segundo disse, ao JM, Maurício Reis, co-diretor da associação. A antiga escola primária do Porto Santo é a ‘morada’ de referência deste projeto, um edifício, de meados do século XX, da autoria do arquiteto Raúl Chorão Ramalho (1914-2002), por onde, sublinha o nosso interlocutor, grande parte da população passou parte da infância frequentando os primeiros quatro anos de escola.  O evento teve dois momentos; o primeiro aconteceu na segunda, terça e quarta-feira, nas escolas da ilha, com a dinamização de workshops de escrita criativa e de desenho, orientados por Catarina Claro e Luísa Spínola, mediadoras culturais da Porta 33. Ao JM, Luísa Spínola fez um balanço positivo, dizendo que se tratou de uma experiência profícua para todos os intervenientes. Sob o tem ‘mergulho’, jovens e seniores foram desafiados a refletirem sobre eles próprios e sobre o meio em que estão inseridos. O segundo momento; quinta, sexta-feira e ontem, foi um seminário, na antiga escola. Maurício Reis enalteceu, ao JM. o apoio da Câmara Municipal do Porto Santo, neste evento que promoveu 13 workshops e envolveu duas centenas de porto-santenses, de diferentes idades.