Porto Santo foi palco de Exercício de Emergência

Segundo a Câmara Municipal do Porto Santo, no passado dia 2 de dezembro foi realizado um Exercício de Emergência à Escala Total, denominado - LIVEX ‘Porto Santo Exercise 2019’. “Considerando que a Ilha do Porto Santo estava a sofrer as consequências...

Porto Santo foi palco de Exercício de Emergência
Segundo a Câmara Municipal do Porto Santo, no passado dia 2 de dezembro foi realizado um Exercício de Emergência à Escala Total, denominado - LIVEX ‘Porto Santo Exercise 2019’. “Considerando que a Ilha do Porto Santo estava a sofrer as consequências de mau tempo (Precipitação intensa vento muito forte associado e agitação marítima forte) foram projetados quatro cenários para o desenvolvimento do mesmo exercício, tendo como base um acidente estrutural na Unidade de Produção do Porto Santo - BUGGYPOWER, uma rutura de uma linha de água e sua consequência junto da Unidade de Armazenamento de Combustível da FAP, a eminência de rutura da represa do Tanque e um acidente no Pico do Facho com 2 turistas”, lê-se em comunicado. Acrescenta a mesma nota que “paralelamente à ativação do Centro de Coordenação Operacional Municipal, bem como da Comissão Municipal de Proteção Civil, e posterior ativação do Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil do Porto Santo, foram desenvolvidas todas as ações previstas quer nos Teatros de Operações implícitos, quer noutras estruturas de apoio previstas no âmbito da emergência”. Ressalta ainda que o “exercício envolveu 40 agentes de proteção civil, pertencentes ao Serviço Municipal de Proteção Civil do Porto Santo, Bombeiros Voluntários do Porto Santo, Unidade Saúde Local (Centro Saúde), PSP, GNR, Capitania, Polícia Marítima, Força Aérea Portuguesa, Exército, Junta de Freguesia do Porto Santo, Segurança Social, APRAM, ARM, IFCN IP-RAM, DRE, Psicólogos locais, e contou com a presença permanente do Presidente da Câmara Municipal do Porto Santo Idalino Vasconcelos, enquanto Autoridade Municipal de Proteção Civil”. Mais informa que o “principal objetivo deste exercício foi testar e avaliar todas as nossas capacidades de resposta em situação de crise/ emergência. De referir que o Serviço Regional de Proteção Civil, IP-RAM, bem com o Serviço de Luta Contra Incêndios do Aeroporto do Porto Santo foram observadores deste exercício”.