Presos envolvidos na rixa em prisão do Brasil foram mortos quando eram transferidos

Os quatros presos que foram mortos iniciaram uma luta no interior do autocarro que os transportava. Ministério Público brasileiro está a investigar o caso. Quatro presos que estiveram envolvidos na rixa entre fações criminosas na prisão de Altamira,...

Presos envolvidos na rixa em prisão do Brasil foram mortos quando eram transferidos
Os quatros presos que foram mortos iniciaram uma luta no interior do autocarro que os transportava. Ministério Público brasileiro está a investigar o caso. Quatro presos que estiveram envolvidos na rixa entre fações criminosas na prisão de Altamira, no Brasil, que resultou na morte de 58 pessoas, foram assassinados esta terça-feira quando estavam a ser transferidos para outros estabelecimentos prisionais, segundo o jornal O Globo. No total, trinta presos estavam a ser transportados num autocarro do Centro de Recuperação Regional de Altamira para outras prisões de Marabá. Os quatro presos terão iniciado uma luta que culminou nas suas mortes. O Ministério Público brasileiro já abriu uma investigação para apurar o que aconteceu. A Ordem dos Advogados do Brasil no Pará também já referiu que vai pedir esclarecimentos à Susipe (a Superintendência do Sistema Penal do Estado do Pará) sobre o que se passou no interior da unidade móvel de transporte de presos, que, por questões de segurança, transporta os reclusos algemados a grades de forma a evitar tentativas de fuga e acertos de contas.