Primeira edição da saga Harry Potter vendida por 31 mil euros

Uma rara primeira edição do primeiro livro da saga Harry Potter comprada por uma libra (cerca de um euro) num alfarrabista foi vendida em leilão por 28.500 libras (31 mil euros), avança o Correio da Manhã. Em causa está a primeira edição do...

Primeira edição da saga Harry Potter vendida por 31 mil euros
Uma rara primeira edição do primeiro livro da saga Harry Potter comprada por uma libra (cerca de um euro) num alfarrabista foi vendida em leilão por 28.500 libras (31 mil euros), avança o Correio da Manhã. Em causa está a primeira edição do Harry Potter e a Pedra Filosofal, o romance de estreia de JK Rowling. O livro foi comprado por um colecionador anónimo, via telefone.  A notícia foi avançada pela leiloeira Hansons Auctioneers, situada em Inglaterra. Na página oficial da leiloeira é explicado que o livro, publicado pela Bloomsbury a 30 de junho de 1997, pertence a um conjunto de uma remessa de 500 mil livros que têm dois erros no texto.  Um dos erros está relacionado com a palavra "philosopher's" (tradução feira em português para filosofal).  A palavra surge com um erro ortográfico - "philospber's" na contracapa do livro. O outro erro está na página 53 do livro, onde consta uma lista de equipamentos. Nessa mesma lista aparece duas vezes "1 varinha".  O vendedor do livro, um homem de 54 anos não identificado, ficou surpreendido com o valor. "Era o que esperava mas nunca esperei que o livro chegasse a esse preço. Sabia que outra primeira edição tinha sido vendida por 28 mil libras (30 mil euros), mas estava a entrar em pânico por não terem existido licitações antes da venda". O homem revelou ter ficado "maravilhado" quando percebeu que tinha vendido o livro. Na página da leiloeira é também revelado que o livro foi comprado há cerca de 20 anos e foi vendido no aniversário da autora em Staffordshire, no Reino Unido.  De acordo com Jim Spencer, da leiloeira, a venda realizar-se nesse dia - 31 de julho - foi "pura sorte".  Na corrida deste leilão participaram três licitadores.  "Quando a nossa cliente comprou o livro por uma libra há tantos anos, ninguém sabia o impacto gigante que as histórias do Harry Potter iriam ter globalmente", explicou Spencer.  "A maioria dos livros daquela primeira edição foi para escolas e bibliotecas. São extremamente raros. São um marco histórico da literatura infantil, mas ainda apelam a novos e mais velhos. Toda a gente conhece este livro. É o Santo Graal para muitos colecionadores", referiu ainda o responsável da leiloeira.