Projeto desenvolvido pelo SESARAM vai receber a Menção Honrosa

'Reabilitação Respiratória na Região Autónoma da Madeira – Um Projeto com Futuro', desenvolvido pela equipa do Serviço de Saúde da Região Autónoma da Madeira (SESARAM, EPERAM), é o projeto que vai receber a Menção Honrosa. No dia 12 de novembro, às 12h00, a Associação Respira e a Linde Saúde vai entregar a Menção Honrosa associada ao Prémio Luísa Soares Branco, na sessão conjunta da Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) e da Respira, que se realiza no âmbito do 38.º Congresso da SPP.  O projeto consiste num programa estruturado de reabilitação respiratória na Região Autónoma da Madeira, pensado para promover comportamentos e cuidados a longo prazo que melhorem a saúde destes doentes. O projeto pretende, por um lado, facilitar o acesso da pessoa com patologia respiratória a um programa de reabilitação respiratória; e, por outro, habilitar o doente a lidar com o tratamento e prevenir complicações decorrentes da sua doença, tornando-o mais autónomo na gestão da sua patologia e no recurso aos serviços de saúde.  A entrega da Menção Honrosa irá acontecer no último dia do Congresso da SPP, a acontecer no Centro de Congressos do EPIC Sana Hotel, no Algarve, numa cerimónia presidida por Carlos Robalo Cordeiro, presidente da European  Respiratory  Society (ERS). Nesta cerimónia, será também distinguido o vencedor da 2.ª edição do Prémio Luísa Soares Branco, que diz respeito ao projeto 'Reabilitação Respiratória Pediátrica em contexto de pandemia – Telecinesiterapia Respiratória e visitação domiciliária' da equipa da Unidade de Saúde de São Miguel (Açores), que irá receber 2.500 euros.  O Prémio Luísa Soares Branco distingue projetos de instituições públicas ou privadas portuguesas, que se destaquem na prestação de serviços e cuidados de saúde a doentes respiratórios crónicos, em especial a pessoas com Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC). É uma iniciativa de âmbito nacional que resulta de uma parceria entre a Respira – Associação Portuguesa de Pessoas com DPOC e outras doenças respiratórias crónicas – e a Linde Saúde, empresa líder nos cuidados respiratórios domiciliários em Portugal.   

Projeto desenvolvido pelo SESARAM vai receber a Menção Honrosa
'Reabilitação Respiratória na Região Autónoma da Madeira – Um Projeto com Futuro', desenvolvido pela equipa do Serviço de Saúde da Região Autónoma da Madeira (SESARAM, EPERAM), é o projeto que vai receber a Menção Honrosa. No dia 12 de novembro, às 12h00, a Associação Respira e a Linde Saúde vai entregar a Menção Honrosa associada ao Prémio Luísa Soares Branco, na sessão conjunta da Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) e da Respira, que se realiza no âmbito do 38.º Congresso da SPP.  O projeto consiste num programa estruturado de reabilitação respiratória na Região Autónoma da Madeira, pensado para promover comportamentos e cuidados a longo prazo que melhorem a saúde destes doentes. O projeto pretende, por um lado, facilitar o acesso da pessoa com patologia respiratória a um programa de reabilitação respiratória; e, por outro, habilitar o doente a lidar com o tratamento e prevenir complicações decorrentes da sua doença, tornando-o mais autónomo na gestão da sua patologia e no recurso aos serviços de saúde.  A entrega da Menção Honrosa irá acontecer no último dia do Congresso da SPP, a acontecer no Centro de Congressos do EPIC Sana Hotel, no Algarve, numa cerimónia presidida por Carlos Robalo Cordeiro, presidente da European  Respiratory  Society (ERS). Nesta cerimónia, será também distinguido o vencedor da 2.ª edição do Prémio Luísa Soares Branco, que diz respeito ao projeto 'Reabilitação Respiratória Pediátrica em contexto de pandemia – Telecinesiterapia Respiratória e visitação domiciliária' da equipa da Unidade de Saúde de São Miguel (Açores), que irá receber 2.500 euros.  O Prémio Luísa Soares Branco distingue projetos de instituições públicas ou privadas portuguesas, que se destaquem na prestação de serviços e cuidados de saúde a doentes respiratórios crónicos, em especial a pessoas com Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC). É uma iniciativa de âmbito nacional que resulta de uma parceria entre a Respira – Associação Portuguesa de Pessoas com DPOC e outras doenças respiratórias crónicas – e a Linde Saúde, empresa líder nos cuidados respiratórios domiciliários em Portugal.