Proposta de cerimónia do Dia de Portugal na Madeira já foi entregue ao Presidente da República

A cerimónia do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas vai decorrer este ano na Avenida do Mar, no Funchal, indicou hoje o Comando Operacional da Madeira, afirmando que a proposta já foi apresentada ao Presidente da República....

Proposta de cerimónia do Dia de Portugal na Madeira já foi entregue ao Presidente da República
A cerimónia do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas vai decorrer este ano na Avenida do Mar, no Funchal, indicou hoje o Comando Operacional da Madeira, afirmando que a proposta já foi apresentada ao Presidente da República. "A proposta de cerimónia militar para o 10 de Junho foi ontem [terça-feira] apresentada pelo almirante Chefe de Estado Maior das Forças Armadas [Silva Ribeiro] ao senhor Presidente da República", disse o comandante operacional, João Dores Aresta, afirmando que "está tudo a avançar dentro da normalidade". O militar acrescentou que o projeto encontra-se em "fase de articulação", nomeadamente entre o Governo Regional da Madeira, a Câmara Municipal do Funchal e a Casa Civil do Presidente da República. O contra-almirante João Dores Aresta prestou estas declarações aos jornalistas durante uma visita de apresentação da missão do Comando Operacional da Madeira, estrutura que coordena o dispositivo militar na região autónoma. "Vamos ter uma grande cerimónia", previu, indicando que a mesma vai decorrer ao longo de toda Avenida do Mar e das Comunidades Madeirenses, a grande artéria marginal da cidade do Funchal. Em fevereiro de 2019, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, anunciou que as comemorações do 10 de Junho em 2020 se realizariam na Região Autónoma da Madeira, explicando que mantinha assim a orientação, anterior ao seu mandato, de não realizar tais comemorações numa Região Autónoma em ano de eleições regionais.